Prefeito pede prisão de infectados com coronavírus que descumpriram isolamento

0
Foto: Reprodução

O prefeito Francis Maris (PSDB), do município de Cáceres (distante 220km de Cuiabá), quer a prisão de três pessoas que estariam infectadas com a Covid-19 e teriam desrespeitado o isolamento social. Um deles, segundo o prefeito, chegou a ir a um aniversário.

Os casos teriam acontecido na semana passada. Francis acionou a Procuradoria do Município para que fosse ingressada uma representação para que a Polícia Civil efetue a prisão.

“Não podemos deixar que uma irresponsabilidade desse porte aconteça e a gente não faça nada. Essas pessoas em questão estão quebrando o isolamento e saindo às ruas. Por isso pedimos que os três sejam presos. É um descumprimento de regras e decreto”, disse o prefeito.

Francis logo que fez o pedido de investigação foi avisado que um dos rapazes havia sido encontrado e levado para a delegacia para prestar depoimento. Ele veio do Maranhão, mas antes de entrar em Cáceres fez exames e testou negativo. Porém, a contraprova deu positivo e ele foi colocado em isolamento.

Porém, entre o primeiro e segundo teste, circulou pela cidade e esteve até em um aniversário. Foi intimado a depor na polícia e negou as andanças pelo município. “Ele disse que não participou da festa de aniversário. Mas, as investigações comprovaram que ele mentiu. Já foi elaborado um Termo Circunstanciado (TCO) e ele irá responder na Justiça”, disse um policial civil da cidade.

As autoridades estão procurando as pessoas que estiveram na festa para realizar o exame e também buscar o isolamento, mesmo que não apresentem sintomas.As outras duas pessoas que também teriam saído de casa durante o período de isolamento ainda não foram localizadas.

A Polícia Militar disse que continua a fazer o monitoramento junto com a Secretaria de Saúde, mas em Cáceres ainda não prendeu ninguém. “Na região Oeste, apenas uma pessoa foi presa por descumprir as regras e desacatar um policial”, disse o coronel José Nildo, comandante da PM.

Em Cáceres já existe contaminação comunitária. E por conta disso o prefeito reforçou o pedido para que os moradores continuem em casa até que os números de infectados diminuam ou a pandemia seja amenizada.


Amazonia 03 de Junho