Santa Casa em Cuiabá possui 6% dos leitos ocupados com pacientes em tratamento da Covid-19

A unidade dispõe de 147 leitos exclusivos para o tratamento de pessoas infectados, sendo 30 de UTIs e 110 de enfermarias

0

A taxa de ocupação dos leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e da enfermaria no Hospital Estadual Santa Casa para atendimento de pacientes em tratamento da Covid-19 ainda é baixa. Os números informados pela direção da unidade, nesta segunda-feira (04.05), confirmam que dos 30 leitos de UTI, apenas dois estão sendo utilizados, o que corresponde a 6% da utilização.

Ainda de acordo com as informações repassadas pela diretora Patrícia Dourado, a baixa ocupação também é registrada na enfermaria, que tem oito pacientes com suspeita de coronavírus e aguardam o resultado dos exames.


-Continua depois da publicidade ©-

O balanço mensal dos atendimentos realizado no hospital mostrou que, durante o mês do abril, 35 pessoas receberam algum tipo atendimento; exames, consultas, coleta de material para exame de coronavírus e tratamento na ala destinada para o enfrentamento da Covid-19.

Para receber os pacientes para tratamento da Covid-19, o Hospital Estadual Santa Casa passou por uma readequação estrutural que foi finalizada na segunda quinzena do mês de abril. A unidade dispõe de 147 leitos exclusivos para o tratamento de pessoas infectadas, sendo 30 de UTI e 110 de enfermarias.


Capacidade de atendimento


--Continua depois da publicidade ©--

Em Mato Grosso, os dados do último boletim da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) mostram que 98 dos leitos de UTIs estão disponíveis, com taxa de ocupação em 5,8%, ou seja, seis pacientes internados. O documento mostra ainda que 400 leitos clínicos estão disponíveis, com taxa de ocupação de 0,7%. O documento pode ser acessado neste link (Boletim informativo n°56).

Os baixos índices colocam Mato Grosso no ranking dos estados brasileiros com menor taxa de ocupação dos leitos. Além disso, o Governo trabalha para ampliar sua estrutura para ofertar mais leitos no atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

No final do mês de abril, o governador Mauro Mendes e o secretário estadual de Saúde Gilberto figueiredo, levaram ao Ministério Público e ao Tribunal de Contas do Estado a planilha com o número de leitos para o atendimento de pacientes com a Covid-19.

Consta na relação que serão 1.273, entre enfermaria e Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para os pacientes com coronavírus. Destes, 326 são leitos de UTI. Todos para prestar atendimento exclusivo para os pacientes diagnosticados com Covid-19. Para conferir a lista completa dos leitos em cada cidade do Estado clique aqui.