Policiais militares de Sinop, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra recebem máscaras e itens de higiene para proteção durante ocorrências

0
Assis reforçou o pedido aos militares para lavarem bem mãos, manter a viatura e equipamentos de trabalho higienizados - Foto por: CCSMI / PMMT

O Comando Geral da Polícia Militar de Mato Grosso realizou uma série de visitas em três Comandos Regionais da corporação nas cidades de Sinop, Lucas do Rio Verde e Tangará da Serra, neste sábado (04.04). Na ocasião, o comandante da instituição orientou a tropa e fez a entrega de equipamentos de proteção individual (EPI), como máscaras e luvas descartáveis, e produtos de limpeza (água sanitária, detergente e álcool) para os policiais se protegerem da Covid -19.

A comitiva formada pelo o comandante-geral da PMMT, coronel Jonildo José de Assis, o subchefe do Estado Maior Geral da PM, coronel Wanckley Rodrigues, e o assessor institucional coronel Everton Moretti conversaram com os policiais destes municípios, ressaltando a importância do policial se proteger contra a contaminação durante o atendimento das ocorrências.


-Continua depois da publicidade ©-

Coronel Assis reforçou o pedido aos militares para que cumpram as recomendações sanitárias à risca, como lavar bem mãos, manter a viatura e equipamentos de trabalho higienizados e, principalmente, fazer uso da máscara e álcool em gel.

O comando destaca o apoio do Governo do Estado e de parceiros da iniciativa privada à PM na missão de servir e proteger a população neste momento de pandemia, já que o empenho dos militares no combate a Covid – 19, garante a ordem pública e faz com que  todos cumpram as medidas sanitárias determinadas pelos decretos estadual e municipal.


“Fizemos questão de vim aos Comandos Regionais para demostrar nosso apoio à todos os policiais, estamos ao lado da tropa, fortalecendo o espírito de liderança social da PM mais do que nunca neste momento de crise, onde a instituição não cuida somente dos índices criminais, mas atua de forma mais ampla, focada em salvar vidas”, destaca coronel Assis.


--Continua depois da publicidade ©--

PMMT