Polícia Militar de Rondonópolis liberta família de cárcere privado

0
Foto por: PMMT

Policiais militares do 5º BPM e da Força Tática de Rondonópolis (a 212 km de Cuiabá) libertaram na noite desta quarta-feira (25.03), três pessoas que eram mantidas reféns por dois homens, no bairro Jardim do Parque. Em confronto com a PM, um dos homens veio a óbito e o segundo tentou fugir, mas foi contido.

Conforme o boletim de ocorrência, os policiais iniciaram o procedimento e solicitaram que os suspeitos se entregassem e, quando saíssem, colocassem as mãos na cabeça.  Neste momento, um dos homens saiu no corredor da casa com uma das vítimas, uma mulher. Ele apontava uma arma de fogo à cabeça da senhora.

O suspeito soltou a vítima que correu na direção dos agentes. O homem voltou para o interior do imóvel. Logo em seguida, mais duas vítimas, um senhor e uma adolescente foram libertados.

Os policiais iniciavam a entrada na casa, quando um dos homens apontou uma arma de fogo e disparou na direção dos policiais, a atitude foi revidada e o suspeito atingido. Durante a ação, o segundo criminoso tentou fugir pulando o muro, mas foi contido. Ele também carregava uma arma de fogo.

Os policiais acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência –  Samu que encaminhou o suspeito baleado a uma unidade de saúde, sendo confirmado pela equipe médica o óbito.

Os dois homens portavam dois revolveres calibre 38, sendo as duas armas com cinco munições e a outra com duas munições deflagradas.  Um deles carregava o dinheiro roubado da família.

Uma das vítimas disse que os dois homens alegaram que sabiam que ela tinha dinheiro em casa por ser comerciante. O veículo da família já estava carregado com eletrodomésticos e seriam levados pelos homens.

Próximo da residência, os policiais encontraram um veículo Gol preto, que o segundo o suspeito disse ter roubado no final de semana, no bairro Mathias Neves.

Serviço

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do disque-denúncia 0800.65.3939. Nesse número, sem custo de ligação, qualquer cidadão pode informar situações suspeitas ou crimes. Exemplos: a presença de foragidos da Justiça com mandado de prisão em aberto e ponto de venda de droga.