Escolas municipais concentrarão entrega de kits alimentícios para beneficiários do Bolsa Família com filhos matriculados na rede

Cadastrados precisarão apresentar documento pessoal com foto e cartão de inscrição no programa do governo federal

0

A estratégia de entrega dos dois mil kits de alimentação escolar em domicílio para cadastrados no Programa Bolsa Família em Lucas do Rio Verde será alterada a partir desta sexta-feira, 27, em virtude dos inúmeros casos de endereços não encontrados pelas equipes encarregadas da distribuição. Para acelerar o processo, uma vez que o objetivo da medida é garantir a segurança alimentar de crianças que muitas vezes têm na merenda a principal refeição do dia, todas as escolas da rede municipal de ensino assumirão a tarefa de fazer com que as cestas cheguem ao seu destino o quanto antes.

Caberá às equipes gestoras de cada unidade de ensino contatar as famílias que tiverem filhos matriculados em mais de uma escola do município para comunicar qual unidade deverá ser procurada para o recebimento da cesta de alimentação. Para a retirada, os pais ou responsáveis deverão apresentar documento pessoal com foto e o cartão de inscrição no Programa Bolsa Família.

Diversas equipes foram escaladas para colocar em prática desde esta quarta-feira, 25, a medida compensatória criada conjuntamente pelo Ministério Público, Poder Executivo e Secretaria Municipal de Educação dirigida à parcela mais carente dos estudantes das redes locais cujas aulas estarão suspensas entre o período de 23 de março a 05 de abril de 2020 como parte das decisões do Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus no município.

Somente após o fechamento do balanço do número de famílias encontradas pelas equipes, que se dará no final desta quinta-feira, 26, cada unidade de ensino terá uma dimensão do total de cadastrados em condição de vulnerabilidade social que falta receber o kit de alimentos composto por itens imperecíveis que fazem parte das refeições servidas todos os dias nas instituições escolares.

Posteriormente, se for o caso, a Secretaria Municipal de Educação definirá a destinação que será dada aos kits de alimentos que não forem entregues por falta de localização ou de procura por parte das famílias interessadas. A mudança de estratégia se aplica apenas às famílias com filhos matriculados na rede municipal de ensino, uma vez que as demais redes – estadual e privada – têm autonomia para definir a melhor forma de distribuição.

De acordo com os termos da iniciativa compensatória, conforme o desdobramento da situação, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus poderá adotar novas medidas, adequações, suspensões ou restrições relacionadas à prevenção da pandemia no município.

Quanto às demais famílias sem filhos matriculados nas redes de ensino locais, mas também necessitadas de auxílio governamental, será preciso fazer o cadastro de solicitação em qualquer um dos seguintes telefones da Secretaria de Assistência Social:

  • 3548-2565
  • 3548-2563
  • (65) 99931-9888
  • (65) 99679-0697
  • (65) 99938-7070
  • (65) 99955-8063