BC revisa nova projeção do PIB de 2020 para estabilidade (Zero)

0

Foi divulgado hoje, 26, o Relatório Trimestral de Inflação (RTI) do Banco Central que revisou a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil para a estimativa de estabilidade – o mesmo que 0 . Antes, a projeção era de 2,2% para o ano de 2020. O relatório pode ser acessado neste link.

A alteração sobre a expectativa econômica, segundo as próprias autoridades monetárias, se deve aos impactos econômicos sofridos em grande escala devido a pandemia de COVID-19. Estima-se que os efeitos causados pelo surto do coronavirus sejam maiores para a economia no 2º trimestre deste ano.


-Continua depois da publicidade ©-

E como os estados brasileiros adotaram várias medidas de restrição ao fluxo de pessoas como meio de se evitar a disseminação do vírus, o Ministério da Economia fez uma revisão para baixo da estimativa de crescimento do PIB brasileiro – de 2,1% para 0,02%.

Além disso, o próprio Banco Central afirmou que houve uma perda de fôlego da recuperação da atividade econômica percebida após o 4º trimestre de 2019.

Para a agropecuária, o BC observa que não haverá mudanças em suas atividades econômicas e, dessa forma, o crescimento se mantém em 2,9%, o que gera uma melhora de projeção para a safra de grãos.

Para o setor da pecuária, a redução poderá ser moderada, pois o coronavirus deverá limitar a demanda interna e externa de proteínas. Já para o comércio, o recuo é de 0,7%. Em dezembro de 2019 a expectativa era a alta de 2,6%.

O pior cenário é para a indústria, cuja retração é de 0,5%, sendo que antes a estimativa era alta de 2,9%. Este recuo de 0,5% também acontecerá na construção civil, cuja expectativa inicial era de 3%. E na indústria extrativa o recuo passará de 7,5% para 2,4%.