Agro Baggio John Deere lançará durante Show Safra o Centro de Suporte Avançado de Operações

0

 

Marcado para acontecer de 17 a 20 de março, na Fundação Rio Verde de Pesquisas, o Show Safra BR-163 se tornou uma grande vitrine para que as empresas do agronegócio possam expor o que há de ponta em tecnologia e serviços.

A cada edição da feira, a Agro Baggio John Deere surpreende seus clientes e visitantes do Show Safra, com exposições de maquinários e serviços. Não diferente aos anos anteriores, a Agro Baggio estará com muitas novidades e para isso, está montando um ambiente aconchegante e inovador no evento.

“O Show Safra é sem dúvida, o grande evento do ano, pois é o momento em que conseguimos mostrar as novidades e o nosso trabalho de uma forma massiva e também momento para ofertamos condições especiais para fazermos bons negócios, sejas em novidades ou produtos consolidados visando o próximo ciclo de safra”, comentou o gerente da unidade da Agro Baggio John Deere em Lucas do Rio Verde, Roberto Petri.

“Convidamos os produtores a conhecer as nossas novidades, onde estaremos com duas novas linhas de tratores, uma linha nova de plantadeiras e algumas inovações em produtos já existentes e muito mais”, afirmou Petri.

Outra grande novidade que os visitantes poderão conferir no stand da Agro Baggio, durante o Show Safra, será o lançamento do Centro de Suporte Avançado de Operações.

A ferramenta começou a ser desenvolvida há um ano e auxilia no processo de produção das máquinas agrícolas, através da conectividade com a internet.

Essa ferramenta nos possibilitará novos tipos de operações. Ou seja, fazer pequenas correções, pequenos reparos, calibrações à distância. Para tanto, criamos um centro de suporte para essas operações que vai estar funcionando dentro do Show Safra para que todos possam acompanhar como é feito o suporte aos maquinários À distância”, salientou o gerente.

SOBRE A PLATAFORMA

O Centro de Suporte à Operações é uma plataforma de gerenciamento de dados capaz de receber informações dos equipamentos, das operações e demais dados relevantes para o manejo do solo, dos insumos, clima, plantio, pulverização e da colheita.

Mesmo à distância, é capaz de identificar, diagnosticar e corrigir possíveis falhas do equipamento, reduzindo o número de horas paradas da frota de máquinas.