Membros do Rotary Clube em Lucas do Rio Verde-MT estiveram reunidos na noite dessa quarta-feira (19) para festejar mais um aniversário de existência do clube de serviços pelo mundo, cuja principal bandeira é a erradicação da poliomielite.

Domingo, dia 23 de fevereiro será comemorado em todo o mundo os 115 anos do Rotary. No Brasil a entidade tem mais de 80 anos de existência.

“Dar de si mesmo antes de pensar em si”. Esse é lema dos mais de dois milhões de rotarianos ligados ao Rotary Internacional, que hoje atua em mais de 200 países.

“Para ser rotariano tem que está no sangue. Tem que ter humildade, amor, empatia. Para mim, estar presidente dessa entidade é muito gratificante, pois estou conseguindo fazer junto com nossos companheiros, o trabalho que é o lema do Rotary ‘Servir’. Estamos ai para cada vez mais, contribuir e suprir as necessidades da nossa comunidade”, descreveu a presidente do Rotary Club, Silviany Miranda Carvalho.

Atuante em Lucas do Rio Verde, antes mesmo da emancipação político-administrativo do município, o Rotary Clube tem importante papel no processo de desenvolvimento da sociedade luverdense.

“Então, o Rotary esteve em todas as ações, todos os projetos que contribuíram para o desenvolvimento de Lucas do Rio Verde”, comentou a empresária Leila Depieri,

Membro do clube de serviços a mais de 20 anos, Leila lembrou que: “O Rotary atuou para a instalação da Alternativa FM, a rádio comunitária; a instalação da Comunidade Terapêutica; o lar transitório Bom Samaritano, e tantas outras conquistas foram tratadas dentro da sede do Rotary. Desde então estamos atuando em todas em todos os campos, onde o Rotary é chamado nós nos colocamos a disposição para servir a comunidade”, frisou.

O Rotary Club de Lucas do Rio Verde, Distrito 4.440 é um dos poucos clubes, em Mato Grosso, que é composto por: RotaKids, Interact, Rotaract, Casa da Amizade e Rotary Club.

É o primeiro clube do Distrito que tem uma sala exclusiva para o RotaKids, presidido por Rafaela Mazer, que comenta sobre a satisfação de fazer parte da família rotariana.

“Para mim significa muito fazer parte do RotaKids, pois ajuda as pessoas. Pagamento, não adianta nada, o que adianta é o amor no coração”, disse.

“No nosso dia-a-dia, a gente se reúne para falar sobre projetos, mas a gente brinca e se diverte bastante”, acrescentou.

O movimento jovem da família rotariana luverdense tem a força do Interact Club, formado por adolescentes e jovens de 12 a 18 anos.

 

“Nós visamos o trabalho voluntário e o desenvolvimento de líderes na comunidade. Nós estamos sempre empenhados em projetos e trabalhos comunitários, sempre em conjunto com o Rotary e Rotaract. Os valores que aprendemos, o trabalho voluntário muda bastante a cabeça dos jovens. É um sentimento muito gratificante”, descreveu a vice-presidente do Interact Club, Giovana Mazer.

 

 

PROJETOS E AÇÕES

Em Lucas do Rio Verde o projeto de maior destaque idealizado pelo Rotary Clube é o Banco Ortopédico. O Banco oferece gratuitamente por empréstimo, cadeira de rodas, cadeiras de banho, muletas, botas ortopédicas, entre outros acessórios, para pessoas que passaram por algum tipo de procedimento cirúrgico ou enfermidade.

“Um dos grandes desafios desse nosso projeto é a manutenção, principalmente das cadeiras de rodas. Outra situação é que temos um grande número de cadeiras que estão emprestadas e muitas vezes, a pessoa finaliza o tratamento e não faz a devolução para que possamos beneficiar outra pessoa. Estamos fazendo o apelo para que tenha cadeira de rodas do Rotary e que não esteja mais utilizando, que nos ligue que vamos buscar, caso não tenha como trazer. E também aceitamos doações, quem tiver cadeira de roda que queira nos doar, estamos aceitando”, frisou o membro do Rotary Club, Oelson Copetti.

No que diz respeito ao Rotary Internacional, a grande ação global é o combate à poliomielite: END POLIO NOW.

“É uma ação que começou em 1985. No mundo, somente dois países que, por problemas políticos, o Rotary não consegue entrar para combater a poliomielite”, reforçou Copetti.

Combate ao Câncer

Ao menos 22 clubes do Distrito 4440 se reuniram para aquisição de três carretas que estarão circulando, de Nova Mutum até a divisa com o Estado do Pará. Essas carretas estão sendo equipadas com aparelhos e consultórios médicos para a prevenção e diagnóstico do câncer, inclusive com a realização de mamografia.

Os serviços serão prestados gratuitamente as comunidades a serem visitadas.

HOSPITAL DO AMOR     

O Rotary Club também está empenhado na construção de uma unidade do Hospital de Câncer de Barretos em Sinop-MT. A família rotariana está ajudando a vender rifas, onde um trator será sorteado durante o Show Safra BR-163 que acontecerá de 17 a 20 de março.

“Nós abraçamos essa causa, juntamente com outros Rotarys do estado. Aqui em Lucas do Rio Verde estamos fazendo essa rifa, juntamente com outras entidades, aonde o dinheiro vai 100% em prol do hospital de Amor em Sinop”, comentou Claudiane Hasse.

“Além disso, já desenvolvemos outra ação importante em prol do Hospital de Câncer Infantil de Barretos, que é a campanha Passos que Salvam. Com isso, a gente consegue ter treinamento de médicos e enfermeiros aqui de Lucas, que são mandados todo ano para Barretos”, acrescentou.

ALEITAMENTO MATERNO  

Outra ação que passa a ser colocada em prática em Lucas do Rio Verde pela família rotariana é o Banco de Aleitamento Materno. O banco, assim que entrar em atividade, será desenvolvido no Hospital São Lucas, onde hoje funciona o centro de UTIs Neonatal.

Para tanto, o Rotary está promovendo a segunda edição ‘Churrascada BBQ FEST, que acontecerá no dia 14 de março, no centro de eventos Roberto Munaretto, a partir das 11h00. O ingresso custa R$ 60,00.

Além de um cardápio especializado em carnes, com diversas variedades, haverá atrações artísticas como apresentação de Moda de Viola, show com duplas sertanejas e com a banda de rock Estaca Zero.

“O Banco de Aleitamento materno é essencial, pois temos uma UTI Neo Natal. E para alimentar os bebezinhos, precisamos do Banco de aleitamento. Então o Rotary Club de Lucas do Rio Verde viu a necessidade que era esse banco e hoje estamos na luta e contamos com a colaboração de todos os luverdenses para realizamos esse sonho dentro do Hospital São Lucas”, comentou a presidente do Rotary Club, Silviany Miranda Carvalho.

Durante o evento, também serão arrecadados produtos de limpeza que serão doados para a casa de acolhida, Lar Bom Samaritano.