Informe ao Produtor: STF isenta exportações indiretas de pagamento de Funrural

0

O Supremo Tribunal Federal (STF) fixou entendimento no sentido de que as exportações indiretas feitas pelo produtor rural via tradings são isentas da cobrança de Funrural.  A decisão abre importante precedente, já que parte do passivo do Funrural pode ser extinto.
A orientação é que os produtores busquem junto aos compradores os Memorandos de Exportações dos últimos 5 anos para requerer a impugnação dos débitos, parcelados ou não em Refis. Importante frisar que as contribuições em folha de salários não vão gerar direito de dedução do passivo, já que não houve retenção no faturamento.

Por fim, a Aprosoja orienta o produtor associado a requerer, não só os memorandos de exportação dos últimos 5 anos, mas também os memorandos das exportações indiretas que ocorrerem de agora em diante.


-Continua depois da publicidade ©-

De acordo com o Convênio CONFAZ nº 84/2009, § 1º da cláusula quarta, até o último dia do mês seguinte ao embarque da mercadoria para o exterior, o estabelecimento exportador deve encaminhar ao produtor o Memorando de Exportação. Exija o cumprimento desta norma!