Casal adota recém-nascida e ganha surpresa de passageiros ao voar de volta para casa

0
Foto: Reprodução/Twitter/Dustin Moore

Um casal nos EUA que voava com seu bebê adotado recém-nascido recebeu uma emocionante surpresa dos outros passageiros, organizada pelos comissários de bordo.

A viagem aconteceu em novembro, quando a criança tinha apenas oito dias de vida, mas só agora foi relatada pelo pai, Dustin Moore.


-Continua depois da publicidade ©-

Segundo ele, tudo começou quando uma comissária chamada Jenny e uma passageira elogiaram sua filha e perguntaram porque eles viajavam com uma criança tão nova. Ele e a mulher, Caren, contaram então que estavam levando a bebê – cujo nome preferiu não divulgar – para casa pela primeira vez após a adoção.

Pouco depois, outro comissário, Bobby, foi até eles e fez mais perguntas sobre a criança. Confusos, eles só entenderam o motivo do interesse quando ouviram a voz de Bobby no comunicador.

O comissário anunciou para todos que havia uma “passageira muito especial” a bordo, com apenas oito dias de vida. Todos na cabine aplaudiram e comemoraram, e Bobby e Jenny começaram a distribuir papéis e canetas para quem quisesse enviar mensagens à família Moore, também lidas no comunicador.

“Sempre digam a ela que a amam”; “Aproveitem cada minuto. Tudo passa tão rápido!” e “Eu também fui adotada. Obrigada por dar a essa criança uma família amorosa” foram alguns dos recados que os pais e o bebê receberam dos passageiros.

Ao todo, foram 60 mensagens, que a mãe de Dustin colou com cuidado em um álbum que será guardado junto com as demais lembranças de infância da neta.

Os comissários explicaram depois aos Moore que são casados, e que uma colega havia feito algo parecido com eles em sua lua-de-mel.

“Um grupo inteiro de estranhos se unir assim, compartilhar dessa maneira, demonstrar esse tipo de amor e bondade conosco, isso significou tudo para nós”, comentou emocionado Dustin, ao relatar o caso.

Ele e a mulher tentavam ter filhos há nove anos, e, após tratamentos que não foram bem sucedidos, decidiram adotar uma criança. Eles tinham ido até Colorado acompanhar o nascimento da filha, e no dia do voo estavam voltando para casa, na Califórnia.