Site americano divulga supostas fotos de local logo após acidente com Kobe Bryant

0
Foto: Reprodução

O site americano “TMZ” divulgou fotos que teriam sido tiradas por um ciclista logo após o acidente com Kobe Bryant, no último domingo. As imagens mostram fogo intenso no local onde o helicóptero caiu, em Calabasas, nos Estados Unidos. As fotos teriam sido tiradas às 9h49 no horário local, dois minutos após o acidente. Kobe, sua filha, Gianna, e outras sete pessoas morreram na queda do helicóptero.

Segundo o “TMZ”, o ciclista estaria fazendo uma trilha no local quando viu a queda do helicóptero. A aeronave deixou Orange County, onde Kobe e sua família moravam, e seguiria para Thousand Oaks, onde Gianna jogaria uma partida de basquete. As causas da queda do helicóptero, de modelo Sikorsky S-76, ainda estão sendo investigadas. De acordo com oficiais envolvidos no atendimento no local, o fogo demorou cerca de uma hora para ser controlado, apesar da ajuda de outro helicóptero. Um total de 56 bombeiros participaram do atendimento.


-Continua depois da publicidade ©-

As investigações do acidente de helicóptero que matou o astro da NBA Kobe Bryant, a filha Gianna, e outras sete pessoas mostram que o piloto Ara Zobayan, que voava frequentemente com o ex-jogador do Los Angeles Lakers, saiu da rota que deveria fazer antes de cair na região de Calabasas. Em mais de 20 voos feitos, entre 2018 e 2020, Kobe nunca havia usado o trajeto do último domingo.

O helicóptero saiu do aeroporto John Wayne, em Los Angeles, às 14h06 com destino à pista de pouso em Camarillo, cerca de 128km distante de onde Kobe e os outros oito passageiros partiriam para um torneio de basquete. O departamento exige um mínimo de duas milhas (3,2 km) de visibilidade e um teto de nuvens de 800 pés (240 metros) para voar. A região sofria com uma forte neblina, mas o voo foi autorizado sob condições especiais de visualização. No último contato feito pelo piloto, no momento em que sobrevoava sobre Calabasas, a aeronave voava em condições visual especial a 1.500 pés (450 metros).
As investigações do acidente de helicóptero que matou o astro da NBA Kobe Bryant, a filha Gianna, e outras sete pessoas mostram que o piloto Ara Zobayan, que voava frequentemente com o ex-jogador do Los Angeles Lakers, saiu da rota que deveria fazer antes de cair na região de Calabasas. Em mais de 20 voos feitos, entre 2018 e 2020, Kobe nunca havia usado o trajeto do último domingo.
Segundo o jornal Daily Mail, Zobayan era um piloto experiente com licença de voo comercial há 12 anos. Os destroços do acidente ficaram espalhados por uma área do tamanho de um campo de futebol.