Chuvas intensas: Minas Gerais e Espírito Santo recebem força-tarefa federal

0
Cerca de 180 militares atuam junto às vítimas nas duas unidades da federação - Foto: Foto: Rodrigo Clemente/Prefeitura de Belo Horizonte (MG)

Moradores de diversos municípios do Espírito Santo e de Minas Gerais estão sofrendo, nas últimas semanas, com os estragos causados por chuvas intensas. Durante esse período, o governo federal tem agido com o máximo possível de agilidade para minimizar os danos sofridos por essas populações.

Militares do Exército Brasileiro estão no município de Contagem (MG) desde o sábado (25), atuando na desobstrução de vias públicas. Até o momento, a Defesa Civil Nacional reconheceu a situação de emergência em 47 municípios mineiros, incluindo Contagem e a capital, Belo Horizonte.


-Continua depois da publicidade ©-

Com a medida, as localidades poderão ter acesso a recursos federais para ações de socorro, assistência, restabelecimento de serviços essenciais à população e reconstrução de estruturas públicas danificadas. Clique aqui para conferir a lista completa das cidades contempladas, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (27).

O reconhecimento foi realizado por procedimento sumário – quando o desastre, público e notório, é considerado de grande intensidade. Nestes casos, para agilizar o atendimento à população, o reconhecimento federal ocorre antes mesmo que a solicitação do município ou do estado preencha todos os pré-requisitos.

Espírito Santo

Desde a última quinta-feira (23), as Forças Armadas atuam junto a outros órgãos do governo para ajudar a comunidade de Iconha, no Espírito Santo. Após fortes enxurradas, mais de 20 mil pessoas ficaram desalojadas. Inicialmente, um grupo de 40 militares do Exército apoiou a desobstrução de vias e na limpeza dos órgãos públicos.

Na sexta-feira (24), os militares ajudaram aos desabrigados com a distribuição de mantimentos e continuaram com o trabalho de limpeza de instalações públicas. Houve reforço com a chegada de mais 45 militares da Marinha e, no sábado (25), o número da tropa do Exército aumentou para 100 militares, com o emprego de 15 viaturas.

Além de Iconha, até o momento, o Ministério do Desenvolvimento Regional reconheceu situação de calamidade pública em outras três cidades capixabas: Alfredo Chaves, Rio Novo do Sul e Vargem Alta. Na semana passada, o Ministério da Cidadania anunciou que o Bolsa Família vai antecipar pagamentos nos quatro municípios que receberam reconhecimento federal da calamidade.

Com informações do Ministério do Desenvolvimento Regional, do Ministério da Defesa e do Ministério da Cidadania