Suspeitos de participarem da morte de travesti que desapareceu há mais de 15 dias são presos em MT

0
Foto: Caudeni da Silva/Arquivo pessoal

Três homens foram detidos, na tarde desta sexta-feira (24), suspeitos de participarem da morte de uma travesti em Santo Antônio de Leverger, a 35 km de Cuiabá. Mari de Bastos Lima, de 37 anos, desapareceu no dia 8 de janeiro, por volta das 23h30, depois que saiu do trabalho.

De acordo com a Polícia Militar, um dos suspeitos teria dito que os outros dois enterraram o corpo. O detido apontou o local onde supostamente a vítima estaria enterrada. A PM acionou o Corpo de Bombeiros e Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) para dar apoio nas buscas.

A chefe de Mari, Caudeni Gomes da Silva, contou que a funcionária sempre saía do trabalho direto para casa. No entanto, na manhã de sexta-feira (9), Mari foi procurada por um amigo, mas não foi encontrada na casa e também não apareceu no serviço.

O celular, a bolsa e as roupas dela ficaram no imóvel onde morava.

Amigos de Mari estavam organizando uma manifestação que seria realizada na próxima semana. O objetivo era cobrar agilidade nas investigações sobre o caso.

Durante as diligências, os policiais da Delegacia de Santo Antônio de Leverger conseguiram imagens do circuito de segurança de estabelecimento comercial que flagraram a vítima, antes do desaparecimento. Ela estava na companhia de duas pessoas.