Capes amplia prazo para adesão a bolsas de licenciatura

São mais de 60 mil oportunidades de Residência Pedagógica; prazo vai até 5 de fevereiro

0

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) prorrogou o prazo para instituições de ensino superior (IES) participarem dos programas de Residência Pedagógica e Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid).

As instituições tinham até 16 de janeiro para solicitar o acesso ao Sistema de Capacitação da Educação (Sicapes), plataforma online que recebe os projetos. Agora, o prazo vai até 5 de fevereiro. Ao todo, são ofertadas 60.192 bolsas para formação de professores da educação básica.


-Continua depois da publicidade ©-

O Residência Pedagógica integra a Política Nacional de Formação de Professores e promove a vivência prática dos formandos dentro da sala de aula na segunda metade do curso de licenciatura. Já o Pibid é direcionado à primeira metade do curso.

Cada programa oferecerá 30.096 bolsas para até 250 instituições de ensino superior, com duração de até 18 meses, sendo um mínimo de 60% delas voltadas para as áreas consideradas prioritárias: alfabetização, biologia, ciências, física, língua portuguesa, matemática e química. O resultado final da seleção será divulgado até 10 de abril e o início das atividades se dará no dia 14 do mesmo mês.

A Capes também liberou o sistema para preenchimento do projeto institucional, com prazo até 2 de março.

Valor das Bolsas

As instituições participantes poderão formar um núcleo composto por um coordenador institucional, cuja bolsa é de R$ 1,5 mil, um professor orientador ou coordenador de área, que receberá R$1,4 mil, três preceptores, ou professores supervisores, com benefício de R$765, até 24 beneficiários do Residência Pedagógica e do Pibid, com auxílio de R$400, além de seis voluntários. Todos devem incluir seus currículos e mantê-los atualizados na Plataforma Capes de Educação Básica até 28 de fevereiro.

Com informações da Capes.