Policiais do Gefron apreendem 30 toras de aroeira e recuperam quatro veículos

As ações aconteceram nos municípios do Estado que fazem fronteira com a Bolívia. Três pessoas foram presas

0

Quatro veículos, uma motocicleta, um caminhão e 30 toras de aroeira foram recuperados durante patrulhamento do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron). As ações ocorreram entre quarta e sexta-feira (15 a 17.01), na fronteira do Brasil com a Bolívia. Três pessoas foram presas.

A base do Gefron recebeu uma informação, na madrugada de sexta-feira (17.01), de que havia dois veículos trafegando em alta velocidade na rodovia MT-265 e uma equipe se deslocou até o local. Os policiais realizaram a abordagem e recuperaram os veículos, mas os condutores fugiram por uma região de mata e ainda não foram localizados.

Foi feita a checagem dos veículos via sistema Ciosp Web, no qual não constava queixa de roubo/furto com relação à caminhonete S-10, por se tratar de placa adulterada. Após verificação pelo chassi, foi constatado que se tratava de produto de roubo/furto. A mesma situação ocorreu com o outro carro, um Toyota Yaris. Diante disso, os veículos foram encaminhados para a Delegacia de Porto Esperidião. Prejuízo ao crime foi de R$ 135 mil.

Outras ocorrências

Na quinta-feira (16.01), às 17h, na região de Vila Cardoso, localizado no município de Porto Esperidião (325 km a Oeste de Cuiabá), os policiais avistaram um veículo Renault Sandero de cor branca, às margens da estrada.

Ao realizar a abordagem do veículo foi verificado que estava com as portas destravadas. Buscas pelo condutor do veículo foram efetuadas, mas nada foi encontrado. No entanto, após checagem, via Base Operacional do Gefron, os policiais constataram que o veículo se tratava de produto de roubo/furto.

Diante do fato, o veículo foi transportando por guincho até a Delegacia de Porto Esperidião. O prejuízo ao crime foi estimado em R$ 24 mil.

Já na quarta-feira (15.01), às 23h30, a equipe do Gefron realizou a abordagem de uma motocicleta Honda de cor preta ocupada por um casal, na barreira sanitária da Ponta do Aterro, localizada no município de Vila Bela da Santíssima Trindade (540 km de Cuiabá).

Ao realizarem checagem na motocicleta não havia nenhuma irregularidade, no primeiro momento. Em seguida, foi feita a checagem de maneira minuciosa do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV) juntamente à Polícia Rodoviária Federal (PRF) e foi identificado que o dígito do verificador do CRLV era inválido, com indícios de adulterações, pois o lacre estava rompido.

Diante dos fatos, a base do Gefron entrou em contato com a proprietária da motocicleta cujo nome constava no documento, que afirmou que a motocicleta estava em sua residência. Após o relato, foi confirmado que a motocicleta abordada e checada se tratava de um veículo adulterado.

Com base nas informações, os suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados, juntamente com a motocicleta até a Delegacia de Polícia do município de Vila Bela da Santíssima Trindade. O prejuízo ao crime foi de R$ 13 mil.

Durante patrulhamento do Gefron na estrada vicinal da rodovia MT-265, na última quarta-feira (16.01), na região da serrinha próxima à linha da fronteira, foi abordado um caminhão de cor branca que estava trafegando no sentido Bolívia-Brasil.

Durante a abordagem foram encontradas na carroceira do veículo 30 toras de aroeira. Após perguntar sobre a origem da madeira, o condutor do veículo revela ter feito o carregamento na Bolívia e não possuía nenhuma documentação.

A guarnição deu voz de prisão ao suspeito pelo crime de contrabando e, posteriormente, foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Federal de Cáceres.

Denúncias

O Gefron conta com um canal de disque-denúncias, que é 0800.646.1402. As informações recebidas são checadas pelo Grupamento e a identidade é mantida em sigilo. (Sob supervisão da jornalista Nara Assis)