;
;
;
;
;
;

 

Uma menina de apenas 14 anos, morreu em decorrência de um atropelamento que aconteceu por volta das 03h50 da madrugada deste domingo (12) na MT-485, sentido a comunidade rural Morocó (município de Sorriso-MT). Outros três jovens foram encaminhados para o hospital São Lucas, onde permanecem em estado grave.


-Continua depois da publicidade ©-

O acidente aconteceu a cerca de 10 quilometro do centro de Lucas do Rio Verde, na região conhecida por ‘Céu’, onde jovens costumam se reunir para ingerir bebidas alcoólicas e ouvir som automotivo.

Testemunhas contaram que um grande número de pessoas estavam no local, momento em que um caminhão graneleiro de cor branca, transitava pela rodovia estadual e acabou atropelando alguns jovens que estavam no meio da pista.

“O pessoal estava ouvindo som e tomando whisky e cerveja, e ao decorrer do tempo o pessoal começou a ficar embriagado, momento em que veio um caminhoneiro a uns 80 quilômetros por hora, buzinou, só deu uma reduzida e segurou no freio motor, e logo saiu acelerando de novo. Não sei se ele pensou que a gente ia roubar ele, ou o que”, disse uma testemunha ocular.

“A menina estava de costas e foi atropelada, outros três meninos que estavam próximos foram atropelados. Esses conseguimos salvar, alguns amigos colocaram eles  nos carros e correram para o hospital”, acrescentou outra testemunha.

As versões apresentadas pelas testemunhas serão apuradas pela Delegacia Judiciária da cidade de Sorriso-MT, tendo em vista que a rodovia aonde fato aconteceu, pertence a este município.

Equipes do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar de Lucas do Rio Verde foram ao local, onde aguardam a chegada das autoridades policiais de Sorriso, para dar sequencia as investigações sobre o ocorrido.

“É um local onde o pessoal costuma ouvir som automotivo e ingerir bebida alcoólica e infelizmente na madruga as pessoas acabam não tendo noção exata do que é estrada e do que não é. Geralmente acabam indo para o meio da via, bêbados já. Nesse caso um caminhão acabou atropelando quatro vítimas, onde uma delas veio a óbito” comentou o 2º Tenente PM Cesar Peixoto.

“O pessoal ainda tentou tirar o caminhoneiro de dentro do caminhão. Jogaram pedras, abriram a porta e tentaram puxar o motorista, mas não tiveram êxito. O motorista desse caminhão evadiu-se do local”, completou o oficial do dia.

Os bombeiros acionaram a Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) para realização do trabalho de perícia.