ASCOM PREFEITURA
;
;
;
;

 

A implantação do Programa Lucas Protegida, com o cercamento virtual da cidade, deixará Lucas do Rio Verde um passo à frente da maioria dos municípios mato-grossenses em matéria de segurança da população, uma das prioridades do Plano de Governo da atual gestão. O monitoramento constante contribuirá para a queda da violência, infrações, crimes e situações de risco em todos os níveis.


-Continua depois da publicidade ©-

De acordo com o secretário de Segurança e Trânsito, Edgar Rojas, o programa terá, inicialmente, a instalação de 54 câmeras alugadas – o projeto prevê a colocação de outros 250 dispositivos até o final – que serão monitoradas 24 horas por dia por uma equipe multiprofissional a partir da Central de Monitoramento instalada no prédio que abriga o Batalhão da Polícia Militar.

Com o Programa Lucas Protegida teremos o cercamento virtual, sistemático e permanente de pontos de entrada e de saída e de áreas estratégicas da cidade, garantindo mais segurança e o melhoramento da prevenção da violência e de situações de risco para os cidadãos luverdenses. Isso facilitará o trabalho das forças de segurança em relação a acidentes, furtos ou roubos de veículos e identificação de infratores e de criminosos”, explica.

Além de gravar a imagem da placa de todos os veículos que entrarão na cidade, os operadores do sistema serão automaticamente informados se algum deles tiver registro no banco de dados do cadastro nacional de veículos furtados ou roubados e inclusive a rota seguida. “O programa terá a parceria do governo do Estado para que o material gravado tanto nas câmeras de Cuiabá como nas nossas seja compartilhado e fique disponível nos sistemas de segurança local e estadual”, disse.

O projeto, segundo Rojas, deverá ser ampliado pela própria empresa contratada para, mais adiante, chegar a 304 câmeras de vigilância, número considerado ideal a partir de um estudo técnico feito por integrantes da Secretaria de Segurança e Trânsito, das forças de segurança e do Departamento de Tecnologia da Informação da própria Prefeitura, que mapeou áreas críticas e pontos estratégicos para cobertura total do perímetro urbano.

A ampliação se dará com a adesão de comerciantes e de grupos de moradores que queiram ter a área frontal de empresas e de casas monitoradas pelo sistema. “Optamos por um sistema de tecnologia de ponta com câmeras de reconhecimento facial e do tipo speed dome, com giro de 360 graus e alcance de até dois mil metros, que são controladas pelo operador de acordo com a situação e necessidade do momento”, descreve.

Dando sequência ao processo licitatório via pregão presencial do tipo menor preço global para a contratação de um sistema de câmeras de vigilância e de monitoramento para o Programa Lucas Protegida, a Prefeitura de Lucas do Rio Verde marcou para o próximo dia 15, a partir das 07h30, no Departamento de Licitação, a entrega e abertura dos envelopes de propostas.

O objetivo é a contratação de uma empresa especializada em prestação de serviços com sistemas de análises e circuito fechado de tevê (CFTV), coleta de imagens e transmissão de imagem via rede wireless ou fibra óptica, com fornecimento de materiais, em regime de aluguel, serviços de instalação, treinamento, manutenção e reposição de peças.