Invicta, Pia faz balanço dos cinco meses de trabalho com a Seleção Feminina

0

Técnica comandou o Brasil em oito compromissos, somando seis vitórias e dois empates. Retrospecto positivo fez com que a Seleção voltasse ao Top 10 da FIFA

Neste domingo (15), a técnica Pia Sundhage comandou a Seleção Brasileira no último compromisso do ano. Diante do México, a equipe fechou 2019 com uma vitória por 4 a 0, na Fonte Luminosa, em Araraquara (SP). Desde que assumiu o comando do Brasil, no dia 30 de julho, foram seis vitórias e dois empates.

Um bom início de trabalho que culminou com a volta do Brasil para o Top 10 no ranking da FIFA, atualmente ocupando a 9ª posição. Pia projeta o próximo ano como desafiador na preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 e ressalta que o grupo está apenas no início de uma caminha. A Seleção Feminina volta a se reunir na próxima Data FIFA, em março de 2020.


-Continua depois da publicidade ©-

– Primeiramente, eu estou muito orgulhosa da nossa atuação em todos esses jogos. Nesse tempo só levamos dois gols, isso é impressionante, e marcamos muitos gols. Jogamos em alto nível, tivemos novas jogadoras convocadas e eu estou muito feliz por isso. Estou ansiosa para o próximo ano para estarmos juntas novamente – destaca Pia.

 

Com o objetivo de conhecer o futebol brasileiro e as atletas do país, Pia tem feito muitos testes. Em quatro convocações, a técnica chamou 42 atletas, destas, 38 tiveram oportunidade de atuar. Apenas as goleiras Carla e Gabrielli, a zagueira Rafaelle e a meia Vitória Yaya não foram a campo. Uma marca é ainda mais especial, cinco atletas estrearam em jogos com a equipe principal.

Confira os números gerais:

8 jogos

Brasil 5 x 0 Argentina
Brasil 0 x 0 Chile – Decisão nos pênaltis do Torneio Internacional de São Paulo – Brasil 4 x 5 Chile 
Brasil 2 x 1 Inglaterra
Brasil 3 x 1 Polônia
Brasil 4 x 0 Canadá
Brasil 0 x 0 China – Decisão nos pênaltis do Torneio Internacional da China – Brasil 2 x 4 China 
Brasil 6 x 0 México
Brasil x México

24 gols:

Debinha – 6
Bia Zaneratto – 5
Formiga – 3
Cristiane – 2
Erika – 1
Ludmila – 1
Chú – 1
Tamires – 1
Millene – 1
Duda – 1
Victória – 1
* 1 Gol contra na partida con a Argentina 

42 atletas convocadas

Goleiras:

 

Aline Reis
Bárbara
Carla
Gabrielli
Letícia
Luciana

Defensoras: 

Bruna Benites

Bruna Calderan

Erika

Daiane

 

Fabiana

Fernanda

Giovanna

Isabella

Joyce

Kathellen

Letícia Santos

Mônica

Poliana

Rafaelle

Tamires

Tayla


Meio-campistas: 

Aline Milene
Andressinha
Formiga
Gabi Zanotti
Luana
Maria
Thaisa
Vitória Yaya

Atacantes: 

Andressa Alves
Bia Zaneratto
Chú
Cristiane
Debinha
Duda
Geyse
Ludmila
Marta
Millene
Raquel
Victória


-
-