São Paulo vence Santos e é campeão do Brasileiro Feminino Sub-16

0

Em clássico muito difícil, as tricolores abriu o placar na etapa inicial e garantiu a vitória em Belo Horizonte

A primeira taça do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino Sub-16 é do São Paulo. Neste domingo (15), as tricolores enfrentaram o Santos na grande final e venceram por 1 a 0 no Estádio das Alterosas, em Belo Horizonte (MG). O gol foi marcado por Isa, vice-artilheira da competição, ainda na etapa inicial.


-Continua depois da publicidade ©-

Equilibrada desde os primeiros toques, a partida mostrou um alto nível técnico e tático dos dois times. Lutando muito pelas bolas, o Santos encontrou um São Paulo bem postado defensivamente e com muita força no ataque, mas também pressionou bastante. Aos 31 minutos, porém, as santistas perderam a bola e Gica aproveitou para encontrar Isa sozinha. A artilheira tricolor tirou a goleira da jogada e abriu o placar em 1 a 0.

Precisando reverter a desvantagem, o clube alvinegro voltou com outra proposta e partiu para cima das adversárias. Jogando melhor, o Santos conseguiu chegar ao gol duas vezes, mas ambos foram anulados pela arbitragem. Segurando o placar, o São Paulo soube controlar o tempo e comemorou quando ouviu o apito final. Placar final: 1 a 0.

Esta foi a primeira edição do Brasileirão Feminino Sub-16. Assim como a competição da categoria Sub-18, o torneio foi uma iniciativa da CBF para aumentar ainda mais o calendário do futebol feminino do país, investindo também na base.

 

Ferroviária vence Vitória-BA nos pênaltis e fica em terceiro

Na partida preliminar a decisão, a Ferroviária venceu o Vitória-BA nos pênaltis e garantiu a terceira colocação da competição. Em duelo com muita qualidade, as equipes ficaram no 1 a 1 no tempo normal, gols marcados por Emelli para as baianas e Paola para as paulistas, ambos no primeiro tempo.

A disputa de pênaltis teve muita emoção. Quem defendeu a primeira penalidade foi a goleira Laisla, das Guerreiras Grenás. Depois, Yanne colocou o Vitória-BA na briga mais uma vez, pegando uma cobrança. Na última, porém, a arqueira do clube de Araraquara cresceu e ficou com a bola novamente, fechando o placar em 4 a 3.


-
-