Prêmio Empresário Amigo do Esporte reconhece apoio ao setor

Todo ano o Prêmio prestigia pessoas físicas e jurídicas que aportaram recursos em projetos da Lei de Incentivo ao Esporte

0

Pessoas e empresas que investiram no esporte, em 2018, foram reconhecidas, nesta quarta-feira (11), com a entrega da 7ª edição do Prêmio Empresário Amigo do Esporte, da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. A entrega da premiação ocorreu em São Paulo.

Todo ano o Prêmio prestigia pessoas físicas e jurídicas que aportaram recursos em projetos da Lei de Incentivo ao Esporte (LIE). Para o secretário especial do Esporte do Ministério da Cidadania, Décio Brasil, a lei é fundamental ao valorizar o setor no Brasil. “Para que, cada vez mais, através da LIE, a gente possa desenvolver o esporte no país em todas as suas modalidades, desde a inicialização até o auto rendimento”, disse.


-Continua depois da publicidade ©-

A LIE está em vigor desde 2007 e já captou R$ 2,4 bilhões para projetos esportivos. Só em 2018, foram R$ 254,2 milhões e mais de um milhão de pessoas foram beneficiadas diretamente, entre potenciais atletas, esportistas em início de carreira e atletas de ponta.

O apoio é considerado fundamental pelos atletas, como o ginasta Arthur Nory Mariano, medalha de bronze na prova do solo nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, e de ouro na barra fixa no Campeonato Mundial de Ginástica Artística, em Sttutgart, na Alemanha, neste ano.

“Com essa Lei, deu pra estruturar muito o esporte. Principalmente, valorizar os profissionais que trabalham com a gente, toda a comissão técnica, psicólogo, fisioterapeuta, médicos. Só vem pra somar, pra gente fazer o melhor dentro das quadras e dos ginásios”, avaliou.

Lei de Incentivo ao Esporte

A Lei de Incentivo ao Esporte permite que parte do que seria pago de Imposto de Renda por pessoas físicas ou jurídicas seja revertido em financiamento para projetos esportivos aprovados pelo Ministério da Cidadania. O teto para pessoas físicas é de 6% e para as empresas é de 1%, podendo acumular com destinações a outras leis de incentivo.

“A LIE ajuda a espalhar pelo país o interesse dos empresários, que têm como abater do seu IR uma parcela significativa que ajuda, principalmente, aquela comunidade em torno dessa empresa ou dessa pessoa”, explicou Décio Brasil. A Lei está em vigor desde 2007 e já captou R$ 2,4 bilhões, de acordo com a Secretaria Especial do Esporte.

Neste ano, oito categorias foram premiadas: Pessoa Física; Pessoa Jurídica; Esporte de Rendimento; Esporte de Participação; Esporte Educacional; do Estado; Melhor Amigo do Esporte; e Melhor Amigo da Federação. Entre os vencedores, estão instituições como o Banco do Brasil e o Banco Itaú, que foi o maior doador de 2018.


-
-