Crianças se trancaram em sala após professor invadir escola e esfaquear diretora

0
Foto: Reprodução/PMMT

O ataque ocorrido na Escola Municipal Daniel Paulista Campos, localizada no Residencial Margaridas, em Rondonópolis (215 quilômetros de Cuiabá), nesta sexta-feira (29), levou pavor aos alunos da unidade, que foram mantidos dentro das salas de aula, após o professor de matemática de 45 anos, invadir o local armado e esfaquear a diretora.

Segundo a Secretaria Municipal de Educação (Semed), os alunos estavam na escola no momento da agressão e foram mantidos nas salas de aulas pelos professores para que a segurança de todos fosse garantida. Logo depois, todos foram dispensados.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

A Prefeitura Municipal de Rondonópolis informou ainda que as aulas estão suspensas na Escola Daniel Paulista nesta sexta-feira (29). Ainda será analisado quando as atividades voltarão a normalidade.

Equipes da prefeitura acompanham a condição de saúde da diretora que está internada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Até às 9h desta sexta, a diretora ainda estava recebendo atendimento médico. Segundo a equipe médica, a vítima teve três perfurações: uma no ombro, outra no cotovelo e outra nos dedos da mão. Ela está estável.


-Continua depois da publicidade ©-

A Prefeitura de Rondonópolis emitiu nota lamentando o ocorrido. Além disto, informou que as secretárias municipais de Educação, Carmen Garcia Monteiro e de Governo, Mara Gleibe da Fonseca, estão acompanhando o caso.