Na busca de elevar os índices necessários para obter o Selo Unicef, cuja iniciativa é das Nações Unidas para a Infância, o Poder Público de Lucas do Rio Verde-MT, ao longo desse ano, vem desenvolvendo diversas ações voltadas à redução das desigualdades e a garantia dos direitos das crianças e dos adolescentes.

Fazem parte deste processo as secretarias municipais de Assistência Social, Educação e Saúde, Assessoria Pedagógica do Estado, Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Conselho Municipal de Assistência Social (CMAS), Conselho Tutelar e Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA).

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Este último em especial, vem desenvolvendo ações para elevar os índices de jovens com idade entre 16 e 17 anos, a fazerem o alistamento eleitoral, como parte fundamental para a garantia do Selo Unicef.

De acordo com a mobilizadora do NUCA, a Psicóloga Karine Benevides, o indicador de adolescentes que ainda não fizeram o alistamento eleitoral em Lucas do Rio Verde, ainda está abaixo do esperado, ou seja, no vermelho.


-Continua depois da publicidade ©-

Na visão de Benevides, é importante a conscientização dos jovens nessa idade (16 e 17) a tirarem o título de eleitor, tendo em vista a contribuição para a garantia do Selo, bem como a participação no processo de cidadania ao exercer o voto.

“Para nós é importante, tendo em vista que estamos com o indicador em vermelho para jovens nessa idade com o título de eleitor. Para o jovem, o alistamento eleitoral, é importante para que de fato, ele faça parte da democracia, da política da cidade. Com o título em mãos, o jovem fica a par do que realmente está acontecendo no município, podendo dar sua opinião e contribuição”, ressaltou a psicóloga.

Dados do Cartório Eleitoral da 21ª Zona Eleitoral em Lucas do Rio Verde mostram que o município conta com 0,28% do total de eleitores aptos a votar com idade de 16 anos. Jovens com idade de 17 anos representam 0,76% do eleitorado.

“Lembramos que entre 16 e 17 anos o alistamento eleitoral, bem como o voto é facultativo. Portanto, o jovem nessa faixa etária pode procurar o Cartório Eleitoral, fazer seu título de eleitor, tendo em vista que é importante a participação desses jovens, tanto no alistamento eleitoral, bem como na votação mesmo sendo facultativo, tendo em vista que é uma oportunidade que ele tem para participar, exercer a democracia na construção do município e país ao atuar nas discussões políticas”, acrescentou a Chefe do Cartório Eleitoral, Marcela Ramalho.

O cadastramento eleitoral poderá ser feito até maio de 2020, quando o sistema será fechado para o processo eleitoral, onde serão eleitos prefeito e vereadores.

NUCA  

O Núcleo de Cidadania Dos Adolescentes – NUCA – é um espaço de discussão sobre temas relacionados às crianças e adolescentes, com o objetivo de apoiá-los no desenvolvimento de suas competências e de contribuir para fortalecer sua capacidade de incidir nas políticas públicas.

O NUCA em Lucas do Rio Verde é formado por 18 jovens, que há três meses vem desenvolvendo ações de cidadania e democracia.

“A gente trabalha questões sociais e democráticas junto aos jovens. Um dos grandes desafios, que é o DESAFIO 5, é justamente promover a educação para a cidadania democrática, que é o título eleitoral. Então nosso grupo teve um engajamento social neste desafio, foram as escolas e convidaram os alunos de 16 anos acima para tirar o título eleitoral e fizeram outras ações sociais”, comentou Karine Benevides.

“Nós contamos com a colaboração de todos para que vão até o Cartório Eleitoral para fazer o titulo e não percam essa oportunidade em fazer parte do desenvolvimento da sociedade”, acrescentou Benevides.

Para participar dos encontros do NUCA, o adolescente ou jovem pode ir ao Centro de Referência de Assistência Social (Cras), localizado na Avenida Bahia, no bairro Jardim das Palmeiras. As reuniões do NUCA acontecem todas as terças-feiras, as 18h00.