Zagueiro do Paysandu vira ‘meme’ ao ‘desfilar’ em batida de pênalti e chutar para fora contra o Cuiabá

0

O zagueiro do Paysandu, Caíque Oliveira, que perdeu o pênalti decisivo que poderia dar o título para o time paraense, na final contra o Cuiabá, na Copa Verde, virou ‘meme’ na internet após desperdiçar a cobrança. O modo como o atleta se dirigiu para o chute chamou a atenção, com ele praticamente ‘desfilando’ até chegar na marca da cal. No fim, o time mato-grossense sagrou-se bicampeão da competição e garantiu vaga direta nas oitavas de final da Copa do Brasil.

O ‘desfile’ até a cobrança, a passos lentos, aconteceu na disputa por pênaltis. Se Caíque anotasse o tento, o Paysandu seria o campeão. Porém, ele acabou chutando para fora, traindo até o narrador do confronto, que achava que a bola havia entrado. Vale lembrar que o estilo é adotado pelo atleta há algum tempo.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

A situação rendeu diversos memes na internet. Após a confirmação do título pelo Cuiabá, durante a comemoração, um dos jogadores do ‘Dourado’, Jonas (ex-Vasco, Botafogo) ainda repetiu a cena do adversário, ironizando-o.

Com o título, o Cuiabá garante vaga nas oitivas de final da Copa do Brasil do ano que vem e deve garantir em torno de, pelo menos, R$ 3 milhões por disputar esta fase.


-Continua depois da publicidade ©-

O jogo

O Cuiabá foi até o Pará em busca de reverter o placar de 1 a 0, que sofreu na Arena Pantanal. Demorou mais que os habituais 90 minutos para o ‘Dourado’ conseguir chegar ao empate.

Aos 49 minutos do segundo tempo, o time mato-grossense teve a marcação de uma falta. Todos os atletas do ‘Dourado’ foram para a área, inclusive o goleiro Victor Souza. Mas foi Paulinho quem colocou a cabeça na bola e a mandou para o fundo das redes, marcando o tento milagroso.

Após o apito final, foi a vez da disputa dos pênaltis. O Cuiabá levou um banho de água fria na primeira batida, realizada por Ednei, defendida pelo goleiro do Paysandu, Giovanni.

Depois disto, todos converteram seus pênaltis. Paulinho teve a missão de manter vivo o Cuiabá na disputa e marcou o gol. Caíque então teve o título nos pés, mas após uma lenta ida para a bola, errou a cobrança.

No fim, Marques converteu o seu pênalti para o Cuiabá e Nicolas bateu no travessão, dando o título, mais uma vez milagroso, para os mato-grossenses.