Washington assume Diretoria de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro

0

Ex-jogador da Seleção Brasileira será responsável pela pasta criada em abril e que antes era comandada por Juninho Paulista

O ex-atacante Washington é o novo Diretor de Desenvolvimento do Futebol Brasileiro. Conhecido como Coração Valente, o ídolo do esporte estará à frente da pasta criada pela CBF em abril deste ano, quando da posse do Presidente Rogério Caboclo. Anteriormente, a Diretoria de Desenvolvimento teve Juninho Paulista no comando até julho, quando o pentacampeão mundial assumiu a Coordenação da Seleção Brasileira Principal.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

A Diretoria de Desenvolvimento do Futebol é responsável por guiar as ações de fomento do futebol brasileiro num horizonte de longo prazo, integrando os diversos departamentos da CBF. Cabe a ela a realização de estudos e análises centralizados de informações técnicas, apoio a elaboração de estratégias específicas de desenvolvimento do futebol, além do controle da destinação dos recursos oriundos da FIFA e da CONMEBOL, incluindo o Legado da Copa do Mundo FIFA 2014.

“Estamos muito felizes com a chegada destes novos profissionais ao time de gestão da CBF. Craques em suas áreas de atuação, eles compartilham do nosso compromisso de acelerar o desenvolvimento do futebol brasileiro em todas as suas vertentes, dentro e fora do campo”

Rogério Caboclo

Como jogador, Washington teve passagens marcantes por clubes do Brasil e do exterior, além de atuações pela Seleção Brasileira. Após encerrar a carreira dentro dos gramados,  Washington continuou com destaque sua carreira na área da gestão do esporte. O profissional também atuou na área política, tendo sido vereador no município de Caxias do Sul. Após uma passagem como suplente na Câmara dos Deputados, foi nomeado Secretário Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, pasta que integra o Ministério da Cidadania do Governo Federal.


-Continua depois da publicidade ©-

– É um prazer enorme assumir a Diretoria de Desenvolvimento da CBF. O nosso futebol está crescendo cada vez mais e buscando soluções para que esteja sempre em evolução. A pasta do Desenvolvimento do Futebol é vista como estratégica pela entidade para fomentar o esporte em todo o país – declarou.

Washington Stecanela Cerqueira tem 44 anos e é natural de Brasília (DF). Marcou 411 gols em uma carreira que durou 17 anos. Sua trajetória no futebol é marcada por alguns recordes. Em 2004, marcou 34 gols no Campeonato Brasileiro, pelo Athletico-PR, e é o atleta que mais gols marcou em uma única edição da competição. Foi artilheiro do Brasileirão em duas oportunidades, sendo o sétimo maior goleador da história, com 126 gols marcados em 201 partidas.

A trajetória de Washington também ficou marcada pela superação de um delicado problema cardíaco ao longo da carreira, que quase o fez abandonar os gramados aos 27 anos, quando jogava no Fenerbahçe, da Turquia.  Mas ele venceu os problemas médicos, retornou ao Brasil e conseguiu voltar a jogar em alto nível. A partir deste episódio, passou a comemorar seus gols batendo no peito e ganhou o apelido de Coração Valente.

Washington foi campeão brasileiro pelo Fluminense em 2010 e tem passagens marcantes por Caxias, Ponte Preta, Atlhetico-PR e São Paulo. O ex-atacante também marcou seu nome na história do futebol japonês, atuando por Tokyo Verdy e Urawa Red Diamonds e conquistando cinco títulos. Na Seleção Brasileira, o Coração Valente atuou em nove partidas e marcou dois gols.

Novas diretorias

A contratação de Washington não é a única novidade recente no organograma da CBF.

Outro nome a juntar-se à atual diretoria é o do italiano Marco Dalpozzo. Especialista em People Strategy, Mentoria, Organization Design, Cultura Organizacional e Processos de RH, o profissional assume a Diretoria de Recursos Humanos, uma novidade apresentada no último mês pela atual gestão.

Dalpozzo é economista com formação pela Universita’ degli studi di Bologna. Possui MBA em Business Administration pela Universita’ Bocconi di Milano e especialização em Psicossociologia pela Associação Italiana de Psicossocioanálise  (ARIELE).

Especialista na implantação e administração de universidades corporativas, Dalpozzo também será responsável pela CBF Academy, plataforma de cursos da entidade que visa a preparação e o aperfeiçoamento dos profissionais que atuam no futebol dentro e fora de campo.

Marco Dalpozzo foi diretor de RH da L’Oreal Brasil, Vale S/A, Parmalat Brasil e KIBON (pela Unilever). Na Unilever, o economista ocupou cargo de gerente de desenvolvimento, treinamento e seleção. O profissional também atua como professor associado da Fundação Dom Cabral e membro do Conselho Consultivo do Coppead.

Recentemente também o Departamento Jurídico da CBF passou por reformulação com a contratação de Luiz Felipe Santoro para o cargo de diretor. O advogado fica à frente da pasta após Carlos Eugênio Lopes assumir a Vice-Presidência Jurídica da Confederação. Santoro é graduado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), especializado em Administração Esportiva pela FGV/SP, pós-graduado em Direito da Integração e Mercosul pela Universidade de Buenos Aires (Argentina) e possui MBA em Football Industries pela Universidade de Liverpool (Inglaterra).

O profissional foi presidente do Instituto Brasileiro de Direito Desportivo, é patrono do Grupo de Estudos de Direito Desportivo da Faculdade de Direito da USP e membro da Academia Nacional de Direito Desportivo, da Sociedade Brasileira de Direito Desportivo e da Comissão de Juristas formada para a Reformulação da Legislação Esportiva no Senado Federal.

– Estamos muito felizes com a chegada destes novos profissionais ao time de gestão da CBF. Craques em suas áreas de atuação, eles compartilham do nosso compromisso de acelerar o desenvolvimento do futebol brasileiro em todas as suas vertentes, dentro e fora do campo – destacou Rogério Caboclo, presidente da CBF.