Marcão explica saída de Ganso, lamenta empate e elogia entrega do Fluminense: “Temos que enaltecer”

0
Foto: André Durão

O Fluminense esteve perto de uma vitória neste sábado, no Maracanã, mas cedeu o empate nos minutos finais ao Atlético-MG. O clima de frustração não impediu o técnico Marcão de valorizar a postura da equipe após o 1 a 1 no Maracanã, neste sábado, pela 33ª rodada do Brasileirão.

– Fizemos um primeiro tempo muito bom, marcamos em cima, conseguimos impor nosso ritmo e nosso jogo. Marcamos um gol e tivemos a possibilidade de fazer outro. Eles (Atlético) arriscaram muito no final, eles tentaram confundir nossa marcação, mas a gente tinha encaixado. Infelizmente, na última bola, eles conseguiram empatar o jogo. Quero enaltecer a entrega dos nosso jogadores – analisou Marcão.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--
– O Yony teve uma entrega muito grande no jogo todo. Tanto ele quanto o Marcos Paulo. Colocamos ele em uma posição lateral, e ele estava acompanhando o jogador do Atlético. Conversamos com ele e optamos por colocar alguém fresco para manter a marcação. O Paulo também sentiu por essa questão, estava fazendo de área em área. O Dodi vinha treinando muito bem – explicou.
Com o empate, o Fluminense chegou a 35 pontos e dorme fora da zona de rebaixamento. No entanto, a equipe ainda pode voltar para o Z-4 na segunda-feira, caso o Cruzeiro, que também soma 35, pontue em casa, contra o Avaí. Outros concorrentes, Botafogo e Ceará, que começaram a rodada na frente do Flu, jogam neste domingo e podem disparar.