Ex-namorado de jovem morta a tiros confessa crime e diz à polícia que está arrependido, afirma delegado

0
Foto: Arquivo pessoal

O suspeito de matar a ex-namorada Adrielli Rodrigues, de 22 anos, que havia acabado de registrar um boletim de ocorrência contra ele por ameaça e agressão, em São Manuel (SP), confessou o crime e disse à polícia que estava arrependido pelo que fez, segundo informou o delegado Lourenço Talamonte Netto.

Ainda de acordo com o delegado, apesar do arrependimento, Cristiano Gomes, que não tem passagem pela polícia, atribui a culpa do crime à ex-namorada, dizendo que “ela estragou a vida dele”.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Ele foi preso na sexta-feira (15) e teve a prisão preventiva decretada. O caso foi registrado como feminicídio.

A jovem foi morta com quatro tiros no peito minutos após sair da delegacia, na quinta-feira (14). Ela estava em uma moto, quando foi atingida pelos disparos na quadra 1 da Rua Francisco da Cruz Mellão.


-Continua depois da publicidade ©-

Após ser baleada, Adrielli chegou a ser socorrida e encaminhada para o Hospital das Clínicas de Botucatu, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na noite de quinta-feira (14). Ela foi enterrada neste sábado (16) no Cemitério Municipal sob forte comoção.