Morte de aluno após treinamento do Corpo de Bombeiros em MT completa 3 anos e família pede Justiça: ‘Clima de tristeza’

0

A morte do aluno Rodrigo Claro, em Cuiabá, está completando três anos nesta sexta-feira (15) e ainda ninguém foi preso pela morte do jovem, que participava de uma aula prática, quando passou mal. A família afirmou que ainda espera por justiça.

Segundo denúncia do Ministério Público Estadual (MPE) a tenente Izadora Ledur de Souza Dechamps, que era a instrutora do curso, usou de meios abusivos de natureza física e de natureza mental. A Justiça investiga se houve abusos por parte dos instrutores do curso de formação.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

No dia 3 deste mês, durante audiência, a defessa de Ledur afirmou à reportagem que só vai se manifestar depois do depoimento da tenente.