(Foto: Ascom Prefeitura/Luiz Henrique

Os membros do Conselho Municipal de Habitação de Lucas do Rio Verde-MT estiveram reunidos na tarde dessa quinta-feira (14) para definir os critérios de seleção para as famílias que poderão ser contempladas com uma unidade habitacional do projeto Vida Nova II.

O projeto faz parte do programa habitacional do governo federal, denominado ‘Minha Casa Minha Vida’. O programa pretende beneficiar 350 famílias da chamada ‘faixa I’, cuja renda chega até R$ 1.800,00.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

As casas estão em fase de construção e tem previsão da conclusão das obras até o final de 2020.

De acordo com o presidente do Conselho Municipal de Habitação, Antônio Marcos Lopes de Oliveira, os critérios de seleção deverão seguir o decreto municipal.


-Continua depois da publicidade ©-

“Os critérios se baseiam, por exemplo, onde o cadastrado deverá estar morando em Lucas do Rio Verde há pelo menos 10 anos, sendo maior de idade; terão preferência as famílias monoparamentais, ou seja, pessoas que tenham a guarda legal de filhos. Além disso, pessoas com renda de até R$ 1.800,00 (Hum mil e oitocentos reais) que podem participar; pessoas que já foram contempladas ou que tenham alguma restrição junto ao governo federal em projetos habitacionais não podem mais participar, entre outros critérios”, salientou o presidente.

De acordo com o supervisor do Departamento de Habitação, da Secretaria de Municipal de Planejamento e Cidade, Alexandre Maranho, mais de cinco mil pessoas já estão cadastradas. Porém, até o dia 13 de dezembro o sistema estará aberto para novos cadastramentos. Nesse período será feito ainda a atualização de alguns cadastros.

“É importante destacar que as pessoas que já estão inscritas, não precisam ir novamente ao Departamento de Habitação, somente as pessoas que precisam fazer algum tipo de atualização de documentos ou dados que sofrera alteração. No site da prefeitura terá um link onde a pessoa poderá acessar para saber se o seu cadastro está disponível, onde ela poderá buscar as informações de acordo com os critérios que foram divulgados. Caso suas informações estejam certas, não precisam ir ao Departamento para fazer atualização”, ressaltou Maranho.

Após o dia 13 de dezembro, o Conselho de Habitação começará a fazer a analise dos cadastros realizados, bem como visita e confirmação das informações.

Para quem ainda não fez a inscrição, deve procurar o Departamento de Habitação, localizado anexo a Galeria de Serviços, na Avenida Paraná, centro. Os interessados devem ir munidos de documentos pessoas original.

O Poder Público realizou a infraestrutura, onde o conjunto habitacional contará com ruas asfaltadas, rede de água, esgoto e energia elétrica.