Na última quinta-feira, 7, o plantio de soja atingiu 58% da área total estimada para o Brasil nesta safra 2019/2020, de acordo com levantamento da AgRural. O número representa avanço de 12 pontos percentuais em uma semana e supera os 57% da média de cinco anos, embora fique atrás do que já estava plantado no mesmo período do ano passado.

Mato Grosso e Paraná

Ainda de acordo com a consultoria, o destaque positivo desta safra é para o Mato Grosso, que lidera com 94% de sua área já semeada e lavouras se desenvolvendo em boas condições. Com chuvas mais generosas e bem distribuídas na semana passada, o plantio do Paraná saltou de 60% para 80%, finalmente superando a média de cinco anos e o ano passado. Mas parte da segunda safra de milho acabará mesmo sendo plantada fora da janela ideal no estado. O mesmo se espera no sul de Mato Grosso do Sul.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Outros estados

Também houve bom avanço no plantio de soja em Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e São Paulo, mas os produtores desses estados seguem enfrentando os efeitos da irregularidade das chuvas – problema também observado no Matopiba. Nesta última região, porém, os trabalhos ainda estão no início e as dificuldades não preocupam tanto.

Em contraste com o resto do país, o plantio no Rio Grande do Sul avança a passos lentos devido ao excesso de umidade.


-Continua depois da publicidade ©-

Área e produção

No início de outubro, a AgRural estimou a área a ser plantada com soja na safra 2019/2020 do Brasil em 36,4 milhões de hectares, com aumento anual de 1,3%. A produção, calculada por ora com base em linha de tendência de produtividade, é projetada em 121 milhões de toneladas.