Os futuros da soja negociados na Bolsa de Chicago começam a semana trabalhando em campo negativo

Por volta de 7h40 (horário de Brasília), os preços caíam entre 4,25 e 5,75 pontos nos principais contratos, com o janeiro cotado a US$ 9,26 e o maio, US$ 9,51 por bushel.

O mercado, depois do boletim neutro vindo do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) divulgado na última sexta-feira (8), inicia uma nova semana de olho nas movimentações de China e Estados Unidos. Afinal, também na sexta o presidente Donald Trump se posicionou afirmando não ter concordado em retirar as tarifas sobre os produtos chineses como havia sido informado pela nação asiática.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Assim, voltam a crescer as especulações em torno do conflito e a possibilidade, novamente, de um acordo entre os dois países não ser assinado. A reunião que aconteceria este mês já foi adiada para dezembro.