Defensivos agrícolas são apreendidos em Lucas do Rio Verde durante operação Camuflagem II

Uma pessoa é encaminhada para a delegacia por armazenamento dos produtos de origem duvidosa

0
;
;
;

Diversas caixas contendo defensivos agrícolas foram apreendidas e um homem encaminhado para a delegacia em Lucas do Rio Verde-MT, em decorrência da operação Camuflagem II realizada na manhã desta segunda-feira (11) pelo Ministério Público Estadual e Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco).

Todo material estava na residencia do suspeito, localizada no bairro Jardim das Palmeiras. Equipe da Polícia Civil de Lucas do Rio Verde atuou na operação, dando apoio as equipe da cidade de Sorriso-MT.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--
Daniel Santos Nery, delegado de polícia

“Essa investigação já vem a bastante tempo, onde em outra oportunidade ajudamos a fazer levantamento de informações e acompanhamento de alvos. Tinha um alvo em Lucas do Rio Verde, onde esse alvo já tínhamos mandado de busca e apreensão na casa dele, inclusive ele já estava com prisão decretada pela justiça da cidade de Sorriso, por envolvimento em crimes de furto, roubo e receptação. Tudo ligado a defensivos agrícolas”, afirmou o delegado Daniel Santos Nery.

As ações foram desencadeadas ainda nos municípios de Sorriso, Nova Mutum, Sinop, São José do Rio Claro, Canarana e Cuiabá.


-Continua depois da publicidade ©-

De acordo com o Ministério Público, nove pessoas foram presas preventivamente nesta segunda-feira (11) na operação Camuflagem II. Foram apreendidos também munições, réplicas de armas, grande quantidade de defensivos agrícolas (a contabilizar), documentos, balaclavas e roupas camufladas típicas das Forças Armadas. Foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão.

De acordo com o Gaeco, integrantes da organização investigada usavam, em vários municípios do estado, roupas camufladas e entravam nas fazendas para roubar carros e defensivos agrícolas. Posteriormente, os produtos e veículos eram esquentados e comercializados na região junto a receptadores.

Os fatos ainda estão sendo apurados para posterior oferecimento de denúncia criminal. A operação é resultado de uma atuação integrada entre o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), unidade regional de Sorriso, Polícia Civil, Polícia Militar, Grupo de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil, Ciopaer e a Polícia Rodoviária Federal.

Gaeco cumpre mandando em Lucas do Rio Verde e outras cidades contra roubos de defensivos e veículos