Para conter gastos, Prefeitura de Sorriso decreta férias coletivas de 30 dias

0
Foto: Prefeitura de Sorriso

A Prefeitura de Sorriso, a 420 km de Cuiabá, divulgou, na quarta-feira (7), um decreto que estabelece férias coletivas na administração pública municipal, por 30 dias. De acordo com o documento assinado pelo prefeito Ari Lafin (PSDB), o recesso será entre dos dias 23 de dezembro e 21 de janeiro de 2020.

Entre os motivos alegados para essa decisão está a contenção de gastos. Além disso, segundo o decreto, há redução de demanda durante os períodos de festas de fim de ano.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Porém, nem todos os setores terão férias. Durante esse período, as secretarias de Administração, Saúde, Saneamento Básico, Obras, Serviços Públicos, Educação e Fazendo vão continuar funcionando, por serem consideradas essenciais.

Durante as férias coletivas, haverá expediente externo na prefeitura apenas nos setores de tributação, licitação e tesouraria, das 7 da manhã ao meio dia. No ‘Ganha Tempo”, o período de férias será apenas até o dia 6 de janeiro.


-Continua depois da publicidade ©-

Além disso, cada secretaria terá que manter um servidor para atender “eventuais emergências”.