Vigilância Sanitária segue com castração de cães fêmeas em Lucas do Rio Verde

0

A Vigilância Sanitária de Lucas do Rio Verde-MT informa que ainda a disponíveis pouco mais de 100 vagas para castração de cães fêmea, através do projeto para castração de animais, que teve início no mês de junho de 2019. Assim que lançada a campanha, havia 500 vagas.

O objetivo é fazer controle populacional e de zoonoses com a realização de cirurgias de esterilização de cães acima de 10 quilos, na área urbana do município.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

De acordo com o médico veterinário Cléber Fernandes, mais de 300 animais, incluindo os da ALPATAS, passaram pelo procedimento cirúrgico. As pessoas interessadas em castrar seu animal de estimação, deve comprovar renda abaixo de três salários mínimos.

“A pessoa interessada deve procurar a Vigilância Sanitária e trazer a carteirinha de vacinação do animal, documentos pessoal e comprovante de residência, bem como a comprovação da renda familiar abaixo de três salários mínimos. Trata-se de um trabalho onde vamos colher os frutos longo prazo, onde vamos evitar o máximo o aumento da população de animais”, salientou Fernandes.


-Continua depois da publicidade ©-

O veterinário ressalta ainda que a castração dos animais deve incluir avaliação pré-operatória, medicamentos, materiais e avaliação pós-operatória, bem como os cuidados dos donos com seus bichinhos.

“Quem se enquadrar nesse projeto tem que ter a consciência e responsabilidade de cuidar dos animais pós-cirurgia, pois são necessários alguns cuidados especiais. Nós orientamos e não queremos que ninguém abandone nenhum animal”, completou.

A contratação dos serviços veterinários para castração de animais domésticos foi realizada por meio de licitação. Os procedimentos estão sendo realizados por médico veterinário, seguindo as normas técnicas e éticas dispostas pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária.

Mais informações na Vigilância Sanitária pelo telefone (65) 3548-2507.