Mulher degola e enterra a cabeça de colega de trabalho

Acusada teria agredido vítima até a morte com uma garrafa de vinho cheia e voltou uma semana depois para decapitá-la

0

A francesa Sophie Masala, de 55 anos, está sendo julgada nesta semana pelo assassinato premeditado de Maryline Planche, de 52 anos. Ao que indicam as evidências do caso, Sophie espancou a colega de trabalho até a morte com uma garrafa de vinho cheia e voltou uma semana depois para tirar sua cabeça, a qual foi enterrada. À Justiça, Sophie confessou o caso. As informações são de O Dia.

A vítima foi morta dentro de um apartamento localizado em Toulouse, na Framça, em maio de 2016, mas o caso só entrou em julgamento agora.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Sophie e Maryline eram colegas de trabalho em uma agência governamental responsável por cuidar de deficientes. Segundo informações apuradas pelo jornal Times, do Reino Unido, ciúmes profissionais teriam motivado o crime.

Obsessão


-Continua depois da publicidade ©-

A acusada teria desenvolvido um ciúme obsessivo pela companheira de profissão no convívio diário, segundo os promotores responsáveis pelo caso.

Para enterrar a cabeça da vítima, Sophie teria usado uma colher para abrir um buraco em um jardim público. Diante da Justiça, ela admitiu o assassinato, mas alegou legítima defesa. Caso seja condenada, pegará prisão perpétua.

A previsão é que o julgamento do caso seja concluído nesta sexta-feira (25/10/2019).