Prefeitura de Lucas do Rio Verde homenageia alunos com melhores notas em olimpíadas de Matemática

Ao todo, 144 estudantes, dois professores e duas escolas das redes municipal, estadual e federal receberam distinções

0

Os alunos das escolas públicas que obtiveram as melhores notas na I Olimpíada Municipal de Matemática (OMM) e na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – Obmep/2018 foram homenageados na noite desta segunda-feira, 21, durante cerimônia realizada na Igreja Presbiteriana de Lucas do Rio Verde. O evento foi organizado pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação, e teve o apoio da Universidade de Mato Grosso (Unemat – Campus Regionalizado de Sinop).

Cerca de três mil e duzentos alunos de nove escolas de ensino fundamental participaram da I Olimpíada Municipal de Matemática e os 119 participantes da terceira fase receberam medalha de honra ao mérito. Também foram entregues medalhas para os estudantes com melhor desempenho em cada unidade escolar e ainda para os que tiveram as melhores notas durante as três fases da competição.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Esta iniciativa inédita que tem como objetivo incentivar o gosto pelo estudo da Matemática, melhorar a qualidade do ensino e descobrir talentos, contou com a parceria da Unemat e foi dividida nos níveis I, para estudantes do 5º ano, II, para estudantes de 6º e 7º anos, e III, para estudantes de 8º e 9º anos.

A disputa foi realizada em três fases, nos meses de maio, agosto e setembro. Para a segunda etapa, classificaram-se em torno de 800 candidatos, número equivalente a 30% do total de estudantes inscritos com melhor desempenho em cada nível na primeira prova. A última etapa, que estabelecia o limite de até 50 dos melhores colocados de cada nível da etapa anterior, teve 125 classificados e 119 concorrentes no dia da prova.


-Continua depois da publicidade ©-

Um total de 25 alunos do 6º ano ao Ensino Médio de 12 instituições das redes públicas municipal, estadual e federal de Lucas do Rio Verde com melhor desempenho na 15ª edição da Obmep receberam menção honrosa e três deles, das escolas municipais Eça de Queirós e Cecília Meireles e da Escola Estadual Dom Bosco, receberam medalha de bronze. Destaques durante a competição, igualmente foram homenageados os professores Osmar Cícero da Silva, que então lecionava na Cecília Meireles, e Ricardo de Andrade, da Dom Bosco, e ainda as escolas Eça de Queirós e Dom Bosco.

Mais de 18 milhões de estudantes participaram da primeira etapa da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, realizada em junho do ano passado. Da segunda fase, em setembro, participaram cerca de 9 mil instituições e mais de um milhão de alunos de todo o país.

Presente na cerimônia, o prefeito Luiz Binotti ressaltou o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Secretaria de Educação e a importância de iniciativas que estimulem e reforcem o aprendizado, como o aumento do número de escolas com funcionamento em período integral. “A organização dessas olimpíadas de conhecimentos se somam aos outros projetos e atividades implementadas nas escolas da rede municipal e que têm como objetivo melhorar ainda mais a qualidade do nosso ensino que já é referência em todo o país. Vamos criar mais duas escolas em tempo integral e cem novas salas de aula até o ano que vem”, frisa.

A secretária municipal de Educação, Cleusa Marchezan De Marco, agradeceu a parceria firmada com a Unemat para a realização da primeira edição da Olimpíada Municipal de Matemática e disse que a atual gestão tem desenvolvido ações e investimentos voltados para que o sistema educacional seja cada vez mais fortalecido. “O prefeito Luiz Binotti quer ver Lucas do Rio Verde reconhecida como a Cidade do Conhecimento e para isso é preciso estimular iniciativas como essa, a Feira Regional de Ciências, marcada para o próximo mês, a implantação da tecnologia digital em salas de aula e tantas outras medidas que estão sendo tomadas”, observa.

Coordenador da XV Olimpíada de Matemática da Unemat/Sinop, o professor Miguel Tadayuki Koga convidou as escolas estaduais para integrar a competição a partir do próximo ano e declarou que espera que os alunos de Lucas do Rio Verde também estejam preparados para participar da Olimpíada Brasileira de Matemática.

A abertura da noite de homenagens teve a apresentação de dois alunos do Curso Libras nas Mãos e no Coração, do Grêmio Estudantil da Escola Municipal Olavo Bilac, que, orientados pela professora Lindalva Brígida Nascimento Silva, interpretaram as músicas “A flor e o beija-flor” e “Conquistando o impossível”. Na sequência, alunos participantes do Projeto Recreio Artístico, coordenado pela professora Elizangela Fortunato, da Escola Municipal Cecília Meireles, fizeram duas apresentações de dança.