Milagre: telhado de igreja desaba, mas altar fica intacto

Telhado de igreja desaba, mas altar permanece intacto e deixa fiel impressionado: 'Milagre'

0
Não havia ninguém na capela no momento do incidente — Foto: Arquivo pessoal/Marcos Ferreira

O telhado de uma igreja católica desabou e apenas o altar ficou intacto em Goiânia.


Apesar do susto, tanto o altar, as imagens de santas e o presbitério da Capela Santa Rita de Cássia ficaram intactos


Frequentador da Capela Santa Rita de Cássia, o empresário Marcos Ferreira, de 44 anos, acredita que a situação não é mera obra do acaso, mas sim providência divina. O local estava vazio no momento do ocorrido e ninguém ficou ferido.

“A igreja desabou o telhado, mas por milagre o altar ficou intacto. Santa Rita de Cássia e nosso senhor Jesus Cristo não desamparam o seu altar. O presbitério está íntegro, protegido”, disse o fiel.

O caso ocorreu no fim da tarde do último sábado (12). Marcos explica que a queda do telhado pode ter ocorrido porque a estrutura da igreja é antiga. Segundo ele, a capela funciona há 60 anos, mas passou por uma pequena ampliação há quatro décadas.

“Quando o telhado desabou a gente ficou surpreso porque só caiu a parte nova. A parte antiga, que é o altar, se manteve intacta. Nós tivemos, por segurança, que isolar o local, tirar as coisas que estavam no altar e guardar até reformar tudo”, relata.

De acordo com Marcos, os moradores da região tem um carinho especial pela capela, construída pela população rural da redondeza. “Na época das Irmãs Franciscanas, elas adotaram toda a região do Parque Atheneu e a capela São Sebastião foi nomeada de Santa Rita de Cássia”, explica.

Quando estava em pleno funcionamento, a capela realizava o encontro de casais, que movimentava mais de 300 pessoas, além de encontros de restauração das famílias, jovens e até pessoas idosas que ficaram sozinhas e precisam de um acompanhamento.

“Há uma sensibilização muito grande entre a comunidade, que está muito triste pelo o que aconteceu, mas graças a Deus ninguém machucou”, declara Marcos.

Foto mostra telhado sobre os bancos e altar intacto — Foto: Arquivo pessoal/Marcos Ferreira

Amazonia 03 de Junho