Tardelli vê Grêmio mais forte para Libertadores e analisa desgaste do Fla: “Uma hora ia acontecer”

0
Foto: Eduardo Moura

Ainda há dois jogos pelo Brasileirão à frente, mas a segunda partida da semifinal da Libertadores, no dia 23, contra o Flamengo, não deixa de ser assunto no Grêmio. O atacante Diego Tardelli afirma que o time chega mais forte em relação ao empate na Arena, além de que os cariocas pode chegar mais desgastados e com desfalques.

Depois de entrar no G-6 e confirmar a boa fase no Campeonato Brasileiro, o clube gaúcho usará os titulares mais uma vez nesta quarta-feira, contra o Bahia. Voltou a ter Geromel na defesa, viu Maicon recuperar ritmo de jogo e tem também a possibilidade de escalar Léo Moura na lateral. No momento, a única ausência na equipe titular é Jean Pyerre.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Ainda há dois jogos pelo Brasileirão à frente, mas a segunda partida da semifinal da Libertadores, no dia 23, contra o Flamengo, não deixa de ser assunto no Grêmio. O atacante Diego Tardelli afirma que o time chega mais forte em relação ao empate na Arena, além de que os cariocas pode chegar mais desgastados e com desfalques.

Depois de entrar no G-6 e confirmar a boa fase no Campeonato Brasileiro, o clube gaúcho usará os titulares mais uma vez nesta quarta-feira, contra o Bahia. Voltou a ter Geromel na defesa, viu Maicon recuperar ritmo de jogo e tem também a possibilidade de escalar Léo Moura na lateral. No momento, a única ausência na equipe titular é Jean Pyerre.


-Continua depois da publicidade ©-

– Acho que o único que não vai jogar (contra o Flamengo) é o Jean Pyerre, que está voltando e tem grandes chances de estar com a gente. Chegamos bem mais fortes do que no primeiro jogo, com certeza. Nos dá ânimo e esperança para chegar lá e dar a tão sonhada vaga para a final – comentou Tardelli em entrevista coletiva nesta segunda-feira.

Apesar do resultado e da atuação no primeiro jogo da semifinal, há uma onda de boas vibrações no clube gaúcho. Até pelos problemas do Flamengo. Arrascaeta está fora da segunda partida. Filipe Luís e Rafinha ainda são dúvidas.

– No primeiro jogo, tivermos vários desfalques. Uma hora ia acontecer para o lado do Flamengo por eles virem em sequência quarta e domingo. Teve a lesão do Rafinha, infelizmente. Desejamos recuperação rápida, porque é um grande amigo – afirmou Tardelli.

O atacante do Grêmio também foi questionado na entrevista sobre um possível desgaste do time titular do Flamengo, já que a estratégia de Jorge Jesus é não preservar os jogadores. Já Renato Gaúcho adota como critério retirar seus principais atletas dos jogos em vésperas de decisões.

– A gente viu no próprio jogo aqui, aqueles 15, 20 minutos do segundo tempo. Sentimos que o Flamengo teve essa queda rendimento. Foi no nosso melhor momento que eles sentiram o desgaste. E em um lance bobo acabaram fazendo o gol. O Renato vem fazendo isso e não é de agora, acho importantíssimo dar esse descanso para o jogador. A gente não é máquina, por mais que queira jogar, tem hora que o corpo pede a recuperação – completou Tardelli.

Antes da semifinal, o Grêmio tem dois compromissos pelo Brasileirão. Primeiro, encara o Bahia na quarta-feira, às 19h15, na Arena. No fim de semana, o rival será o Fortaleza, no Castelão. O Tricolor ocupa a sexta colocação na tabela, com 41 pontos.