Delegacia da Mulher de Cuiabá lança projeto de terapia para vítimas de violência

Delegacia da Mulher de Cuiabá lança projeto de terapia para vítimas de violência

0

A Polícia Judiciária Civil, por meio da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, lança nesta terça-feira (15.10) o projeto “Ainda Posso Sonhar”, uma iniciativa da equipe da unidade policial que visa a promoção de terapias em grupo direcionadas a vítimas de violência doméstica.

No estado, de acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do Estado, estatísticas apontam que os crimes de ameaça somaram 20.264 ocorrências em 2018 e neste ano, até o mês de setembro, houve 15.394 registros. Para os crimes de injúria foram 5.475 registros no ano passado e 2.497 neste ano. Os crimes de difamação somam 3.217 ocorrências em 2018 e 1.376 neste ano.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

De acordo com a delegada titular da Defesa da Mulher de Cuiabá, Jozirlethe Criveletto, não raras vezes, as vítimas que decidem sair desse ambiente violento e dar um basta ao ciclo de violência, encontrarão enormes desafios, a começar pelo próprio medo das ameaças se concretizarem, sendo que o natural é não possuir condições psicológicas para enfrentar tais desafios

Conforme Anuário da DEDM/Cuiabá, no ano passado 3.054 mulheres buscaram o Pronto Atendimento da Delegacia da Mulher de Cuiabá. Todas elas, com uma história de violência para contar.


-Continua depois da publicidade ©-

SERVIÇO:

O que: Lançamento do projeto “Ainda Posso Sonhar”

Quando: terça-feira (15.10), às 14h

Onde: Delegacia da Mulher de Cuiabá – Rua Joaquim Murtinho, 789 – Centro

Contato: Assessoria de Comunicação da PJC-MT (Raquel Teixeira – 99987-3616 / 3613-5673)