Major Olímpio x Carlos Bolsonaro: Troca de farpas intensificam crise política

Carlos Bolsonaro e Major Olímpio brigam no Twitter: 'Canalha' e 'Moleque'

0

E novamente Carlos Bolsonaro, filho do presidente e vereador no Rio de Janeiro se envolve em discussões pela internet. Agora o seu alvo é o senador Major Olímpio (PSL -SP). Tudo começou no Twitter quando Carlos se referiu a ele, na rede social, como um “bobo da corte” e que “diz absurdos”.

O vereador ainda acrescentou “Conheço a sua laia, canalha”. Esta afirmação é fruto de uma sugestão feita por Carlos de que o Major seria uma pessoa ingrata por ter dado apoio a Marcio França (PSB – SP) durante a disputa pelo governo de São Paulo. Como ele perdeu, Olímpio teria procurado o governador eleito João Doria (PSDB – SP).

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Em resposta, Major Olímpio fez uma declaração que o filho do presidente ofende as pessoas que auxiliam Jair Bolsonaro. Ele disse “Vá ser vereador no Rio de Janeiro, pois a sua ausência ajudará muito o Brasil”.

Além disso acrescentou “Não vou permitir molecagem comigo e nem assistir calado os ‘príncipes’ prejudicando o governo do pai”. O senador ainda classificou as postagens feitas por Carlos no Twitter como sinais de “baixaria” e de “desespero”. Finalizou a sua postagem com uma citação referente ao filósofo e teólogo São Tomás de Aquino que diz “Não se opor ao erro é aprová-lo, e não defender a verdade é negá-la”.


-Continua depois da publicidade ©-

De acordo com Olímpio, os filhos do presidente possuem a “mania de príncipes”, e com isso são os responsáveis por grande parte (ou cerca de 90%) das preocupações de Jair Bolsonaro. Carlos respondeu ao senador através de sua conta no Twitter lembrando o episódio da facada, mais especificamente quando Bolsonaro já se encontrava no hospital e o senador lhe determinou que tivesse o foco totalmente voltado na eleição presidencial de seu pai. Carlos finaliza o tweet se referindo a Olímpio como “um bobo da corte”.

O Major, por sua vez, não titubeou e deu uma nova resposta no Twitter, em que enviou uma mensagem para afirmar que “Jair Bolsonaro foi eleito pelo povo, e não príncipes para fazerem o que querem” como uma nítida referência aos três filhos do presidente: Eduardo, Flavio e Carlos.

A este último, Olímpio ainda disse que “Você é moleque! Sou o bobo da corte que vive defendendo o presidente Bolsonaro no Senado, enquanto você só ofende a todos que querem ajudá-lo [seu pai]”.

Conspiração

Além de Carlos, Major Olímpio também se desentendeu com outro filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL -SP). Major acusou Eduardo de participar de uma conspiração, cujo objetivo é o de minar o PSL para assim assumir o controle da legenda. Em tempo: os dois disputam acirradamente o comando do PSL no estado de São Paulo.

Na noite da última sexta-feira, dia 11, Eduardo Bolsonaro respondeu a Olímpio no Twitter com a seguinte mensagem “de que roupa suja se lava em casa” e que seu pai logo o advertiria se viesse a causar algum tipo de problema através deste complemento “No momento em que eu estiver atrapalhando, acho que o próprio presidente é quem vai me puxar a orelha”, disse Eduardo.

Flavio Bolsonaro (PSL – SP), outro filho de Jair Bolsonaro não foi poupado por Olímpio que defendeu a sua saída do partido.

Em uma recente entrevista concedida ao portal UOL, o senador Major foi questionado sobre o problema de se entrar em conflito direto com os filhos do presidente, cujas situações anteriores levou a quem entrasse no embate a uma derrota.

O senador Olímpio declarou que “Não quer saber. É filiado e ele o tratará como tal” e ainda emendou de que o “presidente tem de entender que são coisas diferentes: o posicionamento do Major de defesa do governo e dele e o Major que não suporta molecagem” e mais “Não estou preocupado em ganhar ou mesmo perder. Eu sou mais do que agradecido ao presidente Bolsonaro, pois eu devo o meu mandato a ele. Agora, não serei subserviente à molecagem praticada por ninguém”, finalizou.

Carlos e suas brigas virtuais

Não é a primeira vez que o vereador Carlos Bolsonaro se envolve em uma discussão e polêmicas contra possíveis aliados do presidente Bolsonaro no Twitter. Antes de Major Olímpio, Carlos já havia discutido com o deputado federal Alexandre Frota (PSDB – SP) que fora aliado de Jair Bolsonaro, mas que recentemente deixou o PSL e agora faz diversas críticas ao presidente.

Nessa discussão realizada em 07 de outubro passado, insinuou que Frota é uma “boneca do pornô”. Este logo respondeu e começou a impulsionar a discussão com a publicação de uma foto em que Carlos Bolsonaro aparece ao lado de outro homem, e que se referiu a ele como o “seu boneco com testosterona”.

A discussão prolongou com ataques recheados de preconceito e baixaria. Com tantas discussões pensa-se quando e com quem será a próxima.

Bolsonaro afirma no Pacaembu que está “muito feliz com os seus 22 ministros”