São Paulo vence o Corinthians e embola briga pelo G-4 do Brasileirão

0
Reinaldo abraça Hernanes após o gol do São Paulo (Foto: Marcos Ribolli)

No confronto entre as melhores defesas e os times que mais empatam no Campeonato Brasileiro, um gol de pênalti de Reinaldo deu ao São Paulo a vitória por 1 a 0 sobre o Corinthians, neste domingo, no Morumbi. Se o futebol apresentado pelos rivais no clássico não agradou, o placar serve para aumentar ainda mais a disputa entre eles por uma vaga no grupo dos quatro melhores do torneio.Melhores momentos: São Paulo 1 x 0 Corinthians pela 25ª rodada do Brasileirão 2019.

Em quinto lugar, o São Paulo chega aos mesmos 43 pontos do Corinthians, também com 11 vitórias, mas em desvantagem no saldo de gols (11 a 10). Na próxima rodada, o time dirigido por Fernando Diniz enfrenta o Cruzeiro, quarta-feira, às 21h, no Mineirão.
O Corinthians continua na quarta colocação, mas o momento não é dos mais empolgantes. Agora são três rodadas sem vencer (dois empates e uma derrota), sequência que permitiu que o Santos, terceiro, abrisse cinco pontos. Na quarta, o Timão pega o Goiás, às 21h30, no Serra Dourada, em Goiânia.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Primeiro tempo
O São Paulo fez o que se imaginava: apertou a marcação no ataque e atrapalhou a saída de bola da defesa do Corinthians. Com mais posse, o Tricolor controlou o início do jogo, mas teve dificuldade para atacar, principalmente por conta da pouca força pelos lados. Vitor Bueno, pela esquerda, e Tchê Tchê, pela direita, não conseguiram dar profundidade pelas pontas. Pato ficou isolado entre os zagueiros, enquanto Hernanes apareceu pouco com o meio de campo congestionado. Sem muito espaço por conta do recuo rival, Reinaldo arriscou de longe e carimbou a trave de Cássio, aos 16 minutos. O Timão fez ainda menos. Com muito erros de passes, a equipe nada construiu no ataque e limitou-se a defender. Vagner Love pelos lados não funcionou, e Boselli desapareceu sozinho na área. As duas chegadas ao ataque foram com Clayson. Na primeira, ele chegou a driblar Tiago Volpi na linha de fundo, mas a bola saiu. Na segunda, bateu cruzado para a defesa do goleiro.

Segundo tempo
O São Paulo voltou do intervalo com mais força ofensiva e assustou logo de cara. Vitor Bueno, em cruzamento que ganhou efeito, acertou o travessão. Pato, de cabeça no meio da zaga, também levou perigo. Sem criatividade e muito lento na troca de passes, o Corinthians continuou com enorme dificuldade para atacar. Para piorar, a defesa também falhou. Manoel empurrou Vitor Bueno na área, e a arbitragem marcou pênalti, aos 18. Reinaldo bateu e colocou o Tricolor em vantagem. Carille tentou dar força ao ataque com as entradas de Janderson, Régis e Gustagol, mas de nada adiantou. O São Paulo não conseguiu aproveitar os muitos contra-ataques que teve. No mais perigoso deles, Igor Gomes bateu para fora aos 41.


-Continua depois da publicidade ©-