Polícia apreende morteiro, pistolas e munição na casa de traficante que fornecia armas a facção no Ceará

0
Foto: Divulgação

Um lançador de granada, revólveres, centenas de munição, coletes à prova de bala e materiais usados na fabricação de armas foram apreendidos pela polícia em uma residência no Bairro Pacheco, em Caucaia, na Grande Fortaleza, na noite desta sexta-feira (11).

De acordo com a polícia, os agentes identificaram o local por meio de denúncia anônima, que indicava que a casa pertence a José Feitosa Veras, de 49 anos, preso há 22 dias, suspeito de ser “armeiro”, um fornecedor de armas para uma facção criminosa.


Continua depois da publicidade-pix


O material apreendido foi levado para a Delegacia Metropolitana de Caucaia. O Esquadrão Antibombas da Polícia Militar foi ao local e fez a retirada de um morteiro, artefato explosivo utilizado em armamento com alcance de quilômetros de distância.

José Feitosa Veras, que segue preso, será interrogado pela polícia.

-Continua depois da publicidade ©-

Fábrica artesanal de armas

A fábrica artesanal de armas pertencente a José Feitosa Veras foi desativada em 19 de setembro, após a polícia ser acionada para o local por causa de uma denúncia de violência doméstica no Bairro Jardim Icaraí, também em Caucaia.

Durante a operação, os policiais renderam o suspeito e encontraram seis armas, munição e equipamentos para confeccionar armamentos. Um cofre também foi apreendido.

Na ocasião, a mulher de José foi ouvida e em seguida liberada. De acordo com as investigações da polícia, ela era ameaçada constantemente para não denunciar o marido.

Conforme capitão da Polícia Militar Bandeira, José Feitosa desenvolvia armas para uma facção criminosa e disponibilizava o material para treinamento de criminosos. A polícia segue a investigação do caso em busca de outros envolvidos.





-Patrocinador-