Idoso pede cestas básicas como presente de aniversário de 100 anos e doa sacolões a famílias carentes em Cuiabá

0

Um idoso pediu cestas básicas como presente de aniversário de 100 anos, comemorado no dia 17 de setembro, em Cuiabá. Adriano Gonçalves de Amorim conseguiu arrecadar 240 sacolões, que foram doados a famílias carentes, na última terça-feira (8).

No convite enviado a amigos e familiares Adriano diz: “Quer presentear? Sugiro uma cesta básica para as famílias assistidas pela Paróquia São Gonçalo”. Também foi informado o número da conta bancária dele para que familiares e amigos de outras cidades pudessem fazer doações em dinheiro.


Continua depois da publicidade-pix


Adriano contou que sempre fez caridade e que desta vez não seria diferente, pois o melhor presente, segundo ele, seria ajudar quem mais precisa.

“Já estou com a idade avançada. Não vou mais aproveitar os presentes, então decidi colocar no convite as cestas básicas para doação como sugestão”, explicou.

O aniversariante disse que acompanhou toda a compra e entrega dos sacolões. “Fiquei muito feliz. É pouco, mas para quem precisa pode representar muito”, disse.

-Continua depois da publicidade ©-

Um dos 12 filhos de Adriano, Lázaro Amorim contou que o pai é um exemplo de fé e solidariedade e que sempre orientou os filhos a fazerem o mesmo.

“É com ele que aprendemos a sermos pessoas melhores. Ele sempre ajudou as pessoas com doações. Meu pai é um exemplo para todos nós”, ressaltou.

Segundo Lázaro, o pai comemorou o aniversário com uma missa na igreja a qual frequenta, em Cuiabá, e doou salgadinhos para toda a comunidade comemorar a data com ele.

No dia 20 de setembro, ele também fez uma festa para 400 convidados, entre amigos e familiares.

“No verso do convite ele colocou a sugestão de presente, que era a doação de cestas ou dinheiro para que pudéssemos comprá-las. As doações superaram nossas expectativas. Ele é humilde, não tem vaidade, e ficou feliz com o resultado”, disse.

Quando completou 90 anos de vida, ele fez o mesmo. Arrecadou jogos de lençol e outras roupas de cama e doou para um abrigo de idosos, em Cuiabá.

“Eu fazia parte da diretoria (do abrigo) e sabia da necessidade deles, por isso, pedi jogos de cama como presente e consegui arrecadar 150”, contou o idoso.





-Patrocinador-