Um homem foi preso em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, suspeito de se passar por policial civil para extorquir produtores rurais da região.

A prisão dele só aconteceu porque foram as próprias vítimas que desconfiaram da forma com que ele fazia as abordagens na zona rural e denunciaram o caso à Polícia Civil.


Continua depois da publicidade-pix


Esse homem que extorquia principalmente pequenos e médios produtores na região de Rondonópolis foi identificado pela polícia.

Ele tem 32 anos e, de acordo com o relato das vítimas, chegava nas propriedades armado, alegando que estava conduzindo investigações. Ele dizia que tais investigações apontariam aquela vítima como investigada em roubos de gado ou outros crimes.

-Continua depois da publicidade ©-

A partir dessa história criada por ele, ameaçava prender a vítima caso não entregasse, no outro dia, a quantia em dinheiro que ele pedia na primeira abordagem. Na delegacia, uma das vítimas disse que ele teria exigido R$ 50 mil.

Segundo tenente da força tática, João Felipe Queiroz de Melo, muitas outras vítimas podem ter caído na lábia do estelionatário.

A arma que o falso policial usava nas abordagens ainda não foi apreendida. Ele já tinha passagens pela polícia por furto e receptação e agora deve responder também por estelionato e extorsão.

Propriedade rural é invadida por bandidos em Mato Grosso

 





-Patrocinador-