Número de latrocínios em Cuiabá e Várzea Grande dobrou em comparação com 2018

0

O número de roubos seguidos de morte dobrou entre 2018 e 2019 em Cuiabá e Várzea Grande. Enquanto no ano passado foram registrados cinco casos entre janeiro e setembro, neste ano foram dez, no mesmo intervalo de tempo, de acordo com os dados divulgados no site da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT). Na última quinta-feira (03), Carlos Lock, 62 anos, morreu após ser baleado, vítima de latrocínio.

Apesar do aumento de latrocínios, o número de homicídios diminui nos dois municípios. Em 2018, foram registrados 141 crimes contra a vida, enquanto em 2019 foram 106. O número de roubos e furtos também caiu entre um ano e outro. No ano passado, o número de roubos e furtos atingiram 5.610 e 13.796, respectivamente. Já neste ano, os números chegam em 4920 roubos e 11.805 furtos.

Na manhã desta terça-feira (01), Carlos Lock sofreu uma tentativa de assalto no banco Itaú, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, em Cuiabá. Segundo a Polícia Militar, ele estava fazendo um depósito com uma mochila cheia de dinheiro quando foi abordado pelos criminosos e reagiu, mas acabou sendo baleado no peito. Os bandidos fugiram do local sem conseguir levar o montante.

Uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e prestou os primeiros socorros. Ele chegou a ser transferido para um hospital particular, estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas faleceu na noite desta quinta-feira (03).

Também na quinta-feira, durante o período da tarde, um dos supostos envolvidos no assalto, Everton Tomas Farias de Barros, 30 anos, foi preso pelos policiais militares do 1º Batalhão. Na Central de Flagrantes, o acusado negou o crime disse que estava trabalhando, alegando ser motorista da Uber.

De acordo com o tenente-coronel, Marco Guimarães, a informação dele ser motorista particular não procede. “É uma tática que vem sendo usada por eles, para dizer que não cometeram o crime. Mas não temos informação de que ele trabalha para algum aplicativo de transporte. Não confere”.

Everton Tomas foi localizado no bairro Itamaraty, após equipes receberem informações de seu paradeiro. No local, haviam outras pessoas que conseguiram fugir da abordagem policial.

Nas redes sociais, Bárbara Lock, filha de Carlos, prestou uma homenagem ao pai e agradeceu as pessoas que doaram sangue para ele. “Obrigada a todos que ajudaram na doação, doando ou divulgando, que oraram, mandaram boas energias, fizeram o possível. Obrigada, obrigada a todos e principalmente ao meu pai que lutou tanto para voltar para nós”.

Não reaja a assaltos

Em nota, a Secretaria de Estado de Segurança Pública afirmou que uma das razões para o aumento dos casos de latrocínio se deve pela abordagem mais violenta dos criminosos, que tem se utilizado de arma de fogo, na maioria das vezes.

A Sesp orienta que a vítima não reaja e não faça movimento bruscos durante uma abordagem de criminosos, especialmente quando o bandido estiver portando armas de fogo.

“As forças de segurança têm intensificado as operações integradas em todo o estado para reprimir as ações criminosas. Com estas ações, alguns índices de criminalidade, a exemplo de homicídio, roubo e furto, apresentaram reduções”, diz texto da Sesp.


Amazonia 03 de Junho