Após quarta derrota consecutiva, Eduardo Barroca não resiste e é demitido pelo Botafogo

0
Foto: André Durão

Após a derrota para o Fluminense por 1 a 0 neste domingo, a quarta consecutiva no Campeonato Brasileiro, Eduardo Barroca não resistiu e acabou demitido pelo Botafogo. O vice-presidente de futebol do clube, Gustavo Noronha, anunciou à imprensa após reunião da diretoria. Bruno Lazaroni será o treinador interino da equipe na próxima partida, contra o Goiás, na próxima quarta-feira.

– Tivemos uma reunião com a diretoria, optamos pela mudança no comando técnico da equipe. Confiamos muito no trabalho do profissional Eduardo Barroca, nos ajudou bastante. É um profissional que tem o nosso total respeito e do elenco.

– Tivemos reunião com os atletas, que têm carinho e admiração grande pelo treinador. Não foi uma decisão fácil, foi muito complicada, porque o trabalho vinha sendo desenvolvido em bases sólidas. Foi necessária essa alteração, precisamos de reação imediata nesse momento. Botafogo comunica a todos – anunciou Noronha.

Contratado em abril, o treinador começou muito bem. Justamente as quatro primeiras rodadas do Brasileiro – venceu três jogos – que deram estabilidade e prestígio imediato a Barroca.

Adepto de um jogo baseado na posse de bola, Barroca iniciou o trabalho conseguindo altos índices no quesito. Depois, com a ausência de resultados, tentou novas alternativas, mas jamais encontrou a regularidade do início do Brasileirão.

Barroca, de 37 anos, deixa o Botafogo com 10 vitórias, três empates e 14 derrotas.


Amazonia 03 de Junho