Pedido de Fávero é atendido e Seduc investirá 4 mi em escola da Capital

A construção da nova unidade escolar está prevista para o primeiro semestre de 2020.

0
Foto: ANGELO VARELA / ALMT

Moradores do bairro Dom Aquino, em Cuiabá, serão contemplados com mais uma escola. As obras previstas para começar no primeiro semestre de 2020 atende à reivindicação do deputado estadual Silvio Fávero e do vereador Wilson Kero Kero (ambos do PSL), que no início do ano estiveram várias vezes na Secretária de Estado de Educação (Seduc), pleiteando a nova unidade que deverá atender cerca de 500 alunos e terá padrão modelo.

A notícia foi dada ontem (04), pelo secretário de estado de Educação, Alan Porto, durante audiência pública realizada na Escola Estadual Santos Dumont, de iniciativa dos parlamentares. O custo previsto da obra gira em torno de R$ 4 milhões. A nova unidade escolar está na lista das 33 obras emergenciais que serão executadas a partir do ano que vem.


Continua depois da publicidade-pix


“infelizmente, a Santos Dumont não foi reformada com periodicidade e chegou a esse ponto. Mas, não estamos aqui (na escola) pra se esconder atrás de passados. O Estado tem como prioridade atender, sim, essa demanda e passando o período das chuvas, emitirá a ordem de serviço”, assegurou Alan.

Segundo a diretora Ana Paula Souza da Cunha a Santos Dumont enfrenta sérios problemas na parte estrutural e elétrica. “Agora começou as chuvas de novo e dependendo do volume delas, as salas inundam. Até o teto de uma das salas desabou esse ano. Além da construção de uma nova escola, precisamos de reparos urgentes no prédio que estamos ocupando”, reclamou a diretora ao ser informada pelo secretário-adjunto, que recurso será destinado para auxiliar nos reparos que são urgentes.

-Continua depois da publicidade ©-
Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O aluno André Henrique dos Santos, 14anos, além de reforçar as palavras da diretora, relatou o dia a dia das crianças que estudam na Santos Dumont. “As salas são quentes, temos quatorze ar-condicionados queimados, aqui na escola chove mais dentro do que fora. Já vi vários colegas serem dispensados porque passou mal por causa do calor. Espero que essa nova escola, não demore muito para ser construída e entregue, nós não aguentamos mais”, ressaltou  o estudante.

Com a construção da nova escola, os mais de 400 alunos que foram remanejados para unidades distantes do bairro, poderão retornar ao bairro, o que alivia os pais. Isso, em decorrência do fechamento da Escola Estadual Barão de Melgaço que há dois anos fechou as portas. À época, a Santos Dumont também acolheu estudantes da unidade interditada.

Para o presidente do bairro Dom Aquino, Cândido Barbosa, a informação dada pela Seduc na noite de ontem irá tranquilizar a comunidade que nunca concordou com a transferência dos alunos. Um dos pontos questionados é a segurança dos alunos que enfrentam o percurso de ida e volta, sozinhos e muitas vezes a pé.

 

“Primeiro que a preocupação é pela segurança, segundo que todo o pai quer o filho mais perto e às vezes são mais pequenos e não tem como deixar a criançada assim, solta, longe do bairro.  Estou muito contente, porque já faz uns quatro anos que vinha tentando e agora, creio, vai sair do papel. Só tenho que agradecer o apoio do deputado Silvio e do vereador Kero Kero”, observou.

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

O deputado, requerente da audiência pública, garantiu aos pais e professores que irá acompanhar de perto os procedimentos burocráticos, como a licitação, por exemplo, além de cada fase das obras da nova escola. “Comecei, recebendo a demanda e reivindicando a nova unidade para o bairro e vou até o fim. Sempre defendi o uso correto do dinheiro público e priorizar a educação não é gasto, mas investimento”, defendeu Fávero.

 

Kero Kero também comemorou a notícia e assim como Fávero, disse que irá acompanhar todos os procedimentos de perto. “Sou da comunidade, há anos venho tentando. Quando falei para o Silvio na hora já intermediou junto ao estado, estivemos lá por diversas vezes, o diálogo foi positivo e agora vejo que estamos bem perto. Confio nesse governo e tenho certeza que não vou me decepcionar”, avaliou o vereador cuiabano.





-Patrocinador-