;
;
;
;
;

A prefeitura de Lucas do Rio Verde retomou nesta sexta-feira (04) as obras da escola estadual Tarsila do Amaral, que estava parada por quase dois anos.

A escola que está em construção no loteamento Dalmaso atenderá aproximadamente 1.000 alunos do 6º ano do ensino fundamental ao ensino médio e tem prazo de entrega para agosto de 2020.


Continua depois da publicidade-pix


“É uma estrutura planejada para a educação integral com laboratório, refeitório, quadra poliesportiva e 16 salas de aula. Aguardávamos a entrega das obras no final do ano de 2018, pois temos demanda por matrículas, faltam vagas neste setor da cidade”, salientou a Secretária de Educação, Cleusa Terezinha Marchezan De Marco.

De acordo com o prefeito Luiz Binotti, após o início das obras, o governo do estado parou de fazer os repasses de recursos, o que motivou a paralisação da construção.

-Continua depois da publicidade ©-

“Depois das eleições do ano passado, veio o novo governo e veio a ideia de modificar o projeto para um mais barato, ao invés de fazer com laje, queriam fazer com forro de pvc. Nós não aceitamos, pois Lucas do Rio Verde tem que ir para frente”, comentou.

“Nós fizemos as contas de demonstramos para a Seduc (Secretaria de Estado de Educação) que nessa escola em apenas um ano vai se gastar quase o valor que vai ser investido na obra, ou seja, cerca de R$ 7 mil por aluno/ano. Então é uma economia desnecessária, ao diminuir a qualidade da obra em 15% ou 20%, sendo que é uma obra que vai ficar aqui por muitos anos”, argumento o gestor público.

Ainda de acordo com o prefeito Luiz Binotti, a retomada das obras da escola Tarsila do Amaral, teve empenho do deputado federal, Neri Geller, que não mediu esforços em promover as tratativas junto ao governo do estado.

Para esta obra, a prefeitura, além de fazer a doação do terreno, aumentará o percentual de contrapartida. A obra está orçada em cerca de R$ 7 milhões.





-Patrocinador-