Muitas pessoas já pensaram assim; se eu tivesse vivido na idade média, com meu conhecimento de hoje, o mundo não seria injusto como é. Pois, eu teria mudado este, até matado alguns carniceiros (Saddam Houssein, Hitler, Stroessner, caçadores de bruxas, escravidão e outras), mas hoje eu sou apenas um escritor, gari, médico, jogador de futebol ou um pobre mortal qualquer. E não tenho forças para fazer qualquer coisa.

Faria algo hoje, caso fosse um super-herói como Wolverine, Batman, mulher maravilha ou outro.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Será mesmo que faria e porque naquele tempo? Por que não hoje? Suas armas têm paridade de forças, ante os assassinos de nosso dia a dia. Pode ser que você, apenas não saiba usar estas. Aquele tempo, houve quem fez alguma coisa com as armas que tinha. E não fez sozinho, obteve ajuda. Muita dessa ajuda veio de anônimos, que esperavam alguém dar o primeiro passo. E assim ser o super-herói da época.

Sempre há quem ajude. Pense desta maneira, o difícil parece ser quem dá o primeiro passo. É como hoje, estamos todos com medo dos bichos papões.


-Continua depois da publicidade ©-

Pare e preste atenção, a população no mundo é uma formiguinha, que tem uma força superior a todos as hienas da terra. Porém, não acreditamos nisto como quer Deus e enquanto isto não acontecer, crermos em Deus e em seus conselhos, cultivaremos o inferno. Pois, sabemos que unidos transformaríamos este mundo facilmente em um paraíso.

Para tanto, que tal parar de sonhar que não somos nada, ninguém e incentivar mudanças. Dê uma ideia. Faça alguma coisa, mas não fique na praça dando milho aos pombos, tire essa bunda de frente a teve, vendo jogos, novelas e vá lutar por um mundo melhor. Jesus fez isto, outros também.

E você porque não faz? Não tem forças? Não se acha capaz? Joga no time dos, se ele for eu vou? A coisa está boa para você e os outros que se ferem. É isto? Pois bem, que pena, você é um covarde.

E há muitos inocentes, crianças, velhinhos e incapazes que são violentados por filhos do mal, apenas por que você, não ajuda quem precisa. Não é o super-herói que este seria por você, caso pudesse ao menos caminhar.

O mundo é injusto sim, porém os super-heróis que podem fazer algo, se acovardam esperando que Deus faça por nós, aquilo que temos medo de fazer. Dar as mãos e chutar o traseiro do mal, para que este nunca mais volte a mexer conosco.

Vamos, juntos somos os super-heróis dos fracos, velhinhos, incapazes e inocentes. E marcar uma reunião com todo mundo é muito fácil. Basta você falar com seus contatos e amanhã do presidente do STF, ao mais simples servidor público, precisarão mudam seu discurso. Ou se não fizer isto, sua comida vai ser outra. Nada de lagosta, vinhos minimamente premiados, manteiga queimada e outras guloseimas.

Vai comer o que vier na quentinha de sua cela.

Paulo Cesar