Termômetro registra mais de 65ºC em calçada no Centro de Cuiabá

0

Uma nova medição feita pelo empresário Cesar Laércio Albring, na tarde desta sexta-feira (20), utilizando um termômetro infravermelho, registrou uma temperatura superior a 65ºC na calçada do Centro de Cuiabá. Na segunda-feira (16), dia em que a cidade registrou a maior temperatura da histórica, o valor havia chegado a pouco mais de 60ºC. A tendência é que o calor continue na capital mato-grossense.

Imagens encaminhadas pelo empresário mostram que a temperatura chegou a 65.6ºC, segundo a medição feita pelo termômetro infravermelho, que estava apontado para a calçada, às 13 horas.


Continua depois da publicidade-pix


Para fazer um contraste com a situação, o empresário mostrou em um vídeo a temperatura do chão e também dentro de um carrinho de sorvete. A diferença mostrada foi absurda, com o local onde ficam os picolés marcando quase -2ºC.

Cuiabá voltou a bater recorde de calor e, desta vez, não só deste ano. A tarde desta segunda-feira (16) foi a mais quente em 108 anos. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 42,3ºC às 14 horas (horário de Mato Grosso). Neste ano, os termômetros já haviam chegado aos 42ºC, o que era o recorde de 2019.

-Continua depois da publicidade ©-

O recorde de calor histórico anterior em Cuiabá era de 42,2°C em 6 de outubro de 1940. Esta é a maior medição desde 1911, quando tiveram início as medições. A tendência, segundo as previsões, é que as temperaturas continuem na casa dos 40ºC.





-Patrocinador-