Servidor da Jucemat profere palestra sobre serviços digitais em Brasília

0

Pela segunda vez o servidor da Junta Comercial de Mato Grosso (Jucemat), Rafael Coelho, esteve em Brasília (DF) para ofertar uma capacitação sobre a utilização da Rede Nacional para a Simplificação do Registro e da Legalização de Empresas e Negócios (RedeSimples). A palestra ocorreu no último dia 10 de setembro, na sede do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

A intenção do evento foi auxiliar na capacitação tanto de servidores da Junta Comercial do Distrito Federal no processo de modernização,quanto para usuários externos do serviço da Junta, como contadores, empresários, e profissionais liberais.


Continua depois da publicidade-pix


O público de cerca de 120 participantes pode conhecer o caso de sucesso da Junta Comercial de Mato Grosso, que teve um salto na qualidade dos serviços quando digitalizou todos os processos e trouxe o tempo de abertura de uma empresa para minutos, que antes demorava até 90 dias, dependendo do município que enviava por malote o processo físico.

“Abordamos a utilização do sistema RedeSimples, novidades na legislação e registros, inovação do serviço público na utilização de serviços digitais, e como aumentamos a produtividade com os processos digitais”, explica.

-Continua depois da publicidade ©-

A rapidez do processo digital, junto com a assinatura digital dos empresários, é um fator que colabora para que os contadores possam produzir mais processos em um dia, bem como os servidores podem analisar mais processos. Conforme o palestrante, o ganho de tempo é o principal ponto da desburocratização.

Palestrante Rafael Coelho, no Sebrae do Distrito Federal. Foto: Assessoria/Sebrae

Ele cita ainda que a Jucemat planeja oferecer em Mato Grosso capacitação não só para servidores, mas para  e dos municípios que estão interligados pela RedeSimples Digital, oferecendo licenciamento na hora da Junta Comercial. A intenção é aprimorar de forma contínua o atendimento.

O apoio institucional para o curso foi oferecido pelo Sebrae Nacional, responsável pelo projeto de integração das Juntas Comerciais por meio da RedeSimples Digital – sistema que possibilita que o registro, o CNPJ, e licenciamento sejam emitidos no ato da abertura da empresa, sem burocracia e tempo de espera para o empreendedor.

Na primeira visita à Capital Federal, no mês de agosto, Rafael passou uma semana apresentando aos novos novos servidores da Junta Comercial do DF o novo sistema da RedeSimples, além dos objetivos e função de uma Junta na esfera governamental estadual.





-Patrocinador-